Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1161
Tipo: Dissertação
Título: As singularidades de Memórias, de Visconde de Taunay: forma, valor e lugar
Autor(es): Souza, Michelli Moretti de
Abstract: A Guerra do Paraguay e o desbravamento do Brasil central são os focos da escrita confessional do escritor Visconde de Taunay. Conhecido principalmente pela obra Inocencia (1872), Taunay produziu também um conjunto de textos de diferentes feições sobre as experiencias vivenciadas a partir de sua empreitada militar, dentre eles estão Scenas de Viagem (1868); Diário do Exército (1869); o conto "Ierece a Guaná" (1874) e Memórias (1946). Neste circuito confessional, a obra Memórias, objeto de estudo, chama atenção pela relação com a tradição narrativa da escrita memorialista e pela singularidade dos fatos apresentados, que trazem à tona uma longa sequencia de episódios sobre o periodo histórico vivenciado por seu autor: a Monarquia e a transição para a República. Ao rever as caracteristicas de Memórias, sob óticas diferentes, discorre-se sobre a relação desta obra com o circuito confessional demarcado, do qual faz parte; sobre a lacuna critica fruto de sua publicação tardia, sobre a forma narrativa das memórias e sobre o valor e o lugar deste texto póstumo na historiografia literária brasileira. Para tanto, o aparato teórico sobre confissão centra-se nos estudos de Lejeune (1994) e Todorov (2000), os conceitos sobre critica literária advem de Compagnon (2003) e Moisés (2002) e as informações sobre historiografia literária são pesquisadas em Bosi (1994); Candido (1997, 2002) e Moisés (2002).
The Paraguay War of the clearing of Brazil the central are the focus of writing confessional writer of the Visconde de Taunay. Known primarily for work Inocencia (1872), Taunay also produced a set of texts of different features on the experiences from their military works, among them are Scenas de Viagem (1868); Diário do Exército (1869), the story "Ierece a Guana" (1874) and Memorias (1946). This circuit confessional, the work Memorias, object of study, draws attention by the relationship with the tradition of narrative writing memory and the uniqueness of the facts presented, that bring to light a long string of episodes on the historical period experienced by the author: the Monarchy and transition for the Republic. In reviewing the characteristics of Memories, under different optical, talks about the relationship of this work with the confessional demarcated circuit, which is part; critical gap on the result of its late release, on the narrative of the memories and on value and the place of this text posthumous brasilian literary historiography. To this end, the theoretical apparatus on confession focuses on studies of Lejeune (1994) and Todorov (2000), the concepts on literary criticism comes from Compagnon (2003) and Moisés (2002) and information on literary historiography are searched in Bosi (1994); Candido (1997, 2002) and Moisés (2002).
Palavras-chave: Escritores
Literatura Brasileira
Crítica Literária
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1161
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Letras (Campus de Três Lagoas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Michelli Moretti de Souza.pdf472,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.