Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/795
Tipo: Dissertação
Título: A educação de alunos surdos no Brasil do final da década de 1970 a 2005 : análise dos documentos referenciadores
Autor(es): Albres, Neiva de Aquino
Abstract: Esta dissertação procura analisar as proposições de ensino na educação de alunos surdos no Brasil. Para fins desta análise foram selecionadas, publicações do MEC (1979, 1997, 2002) onde se apresenta propostas curriculares e orientações metodológicas destinadas a alunos com surdez. O problema que nos moveu, foi compreender se havia uma proposta de ensino de Língua portuguesa aos surdos, já que esta é apontada por especialista como uma questão problemática, delineou-se uma hipótese de partida. Se há uma proposta de ensino de Língua Portuguesa, ela não estaria definida como proposta pedagógica, mas, sim, como proposta conceitual de interpretação de que língua o aluno surdo tem, ou de que língua deve aprender. Retomamos o pensamento educacional brasileiro sobre o ensino dos surdos, identificando em tais documentos nuances das propostas oralista, comunicação total e bilíngüe. Na análise das proposições de ensino tomamos como ponto de reflexão o significado da surdez, constatamos que a mesma se modifica no decorrer dos anos, assim como a concepção de linguagem que segue de certa maneira o proposto pela educação geral, da língua como código para língua como atividade discursiva e constituidora da identidade dos indivíduos. Consideramos que destacado está o estudo dos aportes lingüísticos, pelas concepções de linguagem e da necessidade de uma língua para que ocorra o processo de aprendizagem; a língua que se deve ensinar e em que momento, fundamentalmente, encontrava-se como discussão privilegiada nos documentos. A cultura acadêmica também foi abordada, delimitamos alguns eixos de análise como: a) conceito de escola e suas funções; b) conceito de aluno e seus processos de aprendizagem; c) Professor e outros agentes, os papéis e suas práticas; d) conteúdo e proposição de seu ensino aprendizagem. Os mesmos são destinados à escola, portanto predispõem as funções e comportamentos de seus agentes, e a organização do sistema educativo. Mas seus agentes, de formas distintas, interpretam e implementam tais orientações. Assim, tais documentos não são absorvidos e transmitidos passivamente, mas a escola como um espaço de promoção do ensino de habilidades necessárias para o desenvolvimento do aluno faz uma seleção da cultura e desta propõe experiências aos mesmos. Constatou-se, porém, que tanto as práticas pedagógicas, quanto a habilitação desses agentes não são claras. Concluiu-se ainda, que a linguagem pôde ser tomada como função da educação, quanto marca constitutiva nas proposições didáticas.
This dissertation search analyses the teach propositions about education of deaf people in Brasil. In the analyses conclusion, selected publications about MEC (1979, 1997, 2002) where show up course and methodology orientation proposal destined to deaf people. Firs of all, was comprehend if had a proposal to teach Portuguese to deaf people, because, this proposal is problematic according some specialists. If have one proposal to teach Portuguese, I doesn’t definite how a pedagogical propose, but, how a conceptual propose by interpretation, that, what language deaf people have, or, what language have to learn. We retake the educational think, in Brasil, about to teach of deaf people, identifying in the documents, oral proposal, free communication and bilingual. In the Analysis of teach proposal, we took how point of reflexion the meaning of deafness, and we can see that it changes by the years, like the conceptions about language, that follow the proposal by general education, from the language how a code building the individual identities. To be destoched the studies of linguistics aports, by the language conception and by the necessity of a language to be occur the learning process; the teach propositions and an evaluations who is this student with deaf. The language that have to teach and the moment, fundamentally, funded with privileged discussion in the documents. The academic culture was approached how: a) concept of school and their function; b) the meaning of pupil and learning process; c) Teachers and other people that works with education, their job and methods; d) content and proposal of teach and learning. They are destined to the school, thus predispose the junction and behavior by theirs agents and the organization of the education system. But theirs agents, by the distinct forms, interpret and implement such orientations. So, such documents were not absorb and transmit possible, but, the school, how a space to promove teach, and the necessary abilities to the student development, make a selection of culture, and by that, propose experiences to the people. But, verified that pedagogy practice and qualification of these agents are not clear. Systemizing this analysis, started the question about the characterization of this teach orientations and specifying by the teaching of Portuguese language. It follows that the language may be takes by a function of education, thus, constituted mark at education propositions.
Palavras-chave: Deficiente Auditivo - educação
Língua Portuguesa
Ensino e Aprendizagem
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/795
Data do documento: 2005
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Educação (Campus de Campo Grande)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Neiva de Aquino Albres.pdf549,59 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.