Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/785
Tipo: Dissertação
Título: A história da disciplina Geografia nas décadas de 1930 e 1940 : expressão da fisionomia do Estado
Autor(es): Barros, Maria Cristina Lanza de
Abstract: O objetivo desta dissertação é entendermos porque a disciplina de Geografia alcança sua maior importância no ensino brasileiro, à partir da década de 1930. Para respondermos a esta questão buscamos, através do estudo da história da disciplina de Geografia, avaliar qual foi a função que esta desempenhou neste período para que tivesse conquistado tanto espaço na estrutura curricular do ensino secundário no Brasil. Para atingirmos os objetivos propostos percorremos os seguintes passos: Buscamos entender em um primeiro momento o espaço político, social e econômico do período pós-revolução de 1930 e dentro deste compreender a consolidação da Geografia, no Brasil, enquanto ciência. Posteriormente, fizemos uma análise da disciplina de Geografia através do histórico das reformas curriculares. Então constatamos sua posição de destaque nas reformas de 1931 e 1942. A seguir passamos então para uma análise das referidas reformas e de toda legislação que regeu o ensino secundário no governo de Getúlio Vargas. Assim, verificamos que à Geografia era dada a função de disciplina estratégica na divulgação e consolidação da política nacionalista desenvolvida por este governo. E, finalmente, partimos para análise dos manuais didáticos e relatórios de inspeção federal que nos mostraram como o discurso geográfico era utilizado na divulgação da ideologia nacionalista, e também que estas reformas, apesar de haverem controlado o desenvolvimento da disciplina de Geografia, traziam embutidas o discurso veiculado pela maioria dos geógrafos da época - o método moderno.
The purpose of this essay is to understand why the Geography discipline reaches its greatest importance in the Brazilian education, in the beginning of the decade of 1930. To answer this question we look for, trough the study of the Geography discipline History, to appraise which was the function that it fulfilled in this period, in order to conquer such space in the structure of the curriculum of the secondary education in Brazil. To reach the proposed objectives we went through the following steps: at first, we tried to understand the politician, social and economic period post 1930 Revolution and inside it comprehend the consolidation of the Geography discipline, in Brazil, as a science. Afterwards, we made na anlysis of the Geography through the historical of the curriculums reforms. Then, we verify its prominence position in the reforms of 1931 and 1942. Next, we passed to an anlysis of the reported reforms and of all the legislation that guide the secondary education in the Getulio Vargas government. Thus, we find out that to the Geography it was given the function of a strategist discipline in the difusion and consolidation of the nationalist politics developed by this government. And finally, we started from the analysis of the didactic manuals and federal inspection reports that showed us how the geographic speech was utilized in the propagation of the nationalist ideology, and also, that those reforms, although have controlled the development of the Geography discipline, they brought inserted the speech diffused by the majority of the geographers at that time – the modern method.
Palavras-chave: Currículo de Ensino Fundamental
Geografia
História da Educação
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/785
Data do documento: 2000
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Educação (Campus de Campo Grande)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Maria Cristina Lanza de Barros.pdf1,94 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.