Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/760
Tipo: Dissertação
Título: O sentido e o significado do Ensino médio noturno na construção das atividades dos seus alunos
Autor(es): Giordani, Loreni
Abstract: Este trabalho analisa os sentidos e significados do ensino médio noturno na construção da atividade do seu aluno. Os dados empíricos são os discursos de três professores e quatro estudantes das escolas públicas estaduais que oferecem este ensino no período noturno no Município de Amambai, Mato Grosso do Sul. Buscamos explicitar a relação entre os significados sociais deste ensino e os sentidos pessoais construídos pelos sujeitos e que orientam sua atividade. A análise dos discursos dos professores mostra sentidos coincidentes entre eles, que os identificam como trabalhadores que enfrentam dificuldades em suas atividades no ensino médio noturno. Estas dificuldades são associadas à condição de trabalhador do aluno, que não consegue conciliar o trabalho e a escola, tal como está organizada. Para os professores, isto tem o sentido de desinteresse e falta de reconhecimento do valor de sua escolarização. Esta condição está determinada pela ausência de políticas públicas de educação, específicas para este ensino. Os significados sociais que os professores têm sobre "aluno" e "educação" são construções feitas a partir do ensino médio diurno. Os discursos dos alunos contrariam os sentidos dos professores e mostram que eles valorizam a educação escolar. Tanto que desistem e retornam no ano seguinte, na expectativa de concluir este grau de escolarização. Contudo, seus sentidos sobre o ensino que recebem são de que este é inadequado para eles. O conjunto de conhecimentos mediados pela escola não é o que ele necessita e, a longa distância desta em relação a sua realidade de vida é uma condição dada historicamente e que precisa ser superada.
This essay analyses the meaning and significations of the nocturnal high school in the formation of its student’s activity. The empirical data are the arguments of tree teachers and four students of the State Public Schools that offer the education in the evening in Amambai, Mato Grosso do Sul. We tried to set out the relation between the social meanings built up by individuals and that guide its activity. The analysis of the teachers’ arguments shows coincidental reasons between them, which identify them as workers who face troubles in their activities in the nocturnal high school. These troubles are associated to the student’s condition of worker, who can’t conciliate the job and the school, as it is stated. To the teachers, this kind of behavior shows lack of interest and recognition of the value of their education. This condition is determined by the lack of Public Policies of education, specific to this teaching. The social view the teachers have over "student" and "education" are projects made from the diurnal high school onwards. The student’s arguments go against the views of the teacher’s and show that they really value the school education. To the extent that they give up and then return the following year expecting to finish this grade of school. However, they views of the education they receive are that it is not suitable for them. The body of knowledge given by the school is not what they need, and, the great distance of the school in relation to their reality of life is a condition given historically and that needs to be surpassed.
Palavras-chave: Ensino Médio
Escola Noturna
Estudantes de Ensino Médio
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/760
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Educação (Campus de Campo Grande)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Loreni Giordani.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.