Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/528
Título: Prática de estudo de ciências: formação inicial docente na unidade pedagógica sobre a digestão humana
Autor(es): Machado, Vera de Mattos
Abstract: A presente investigação teve como objetivo analisar como futuros professores de Ciências, dos anos finais do ensino fundamental, praticam atividades didáticas acerca dos conteúdos referentes à Digestão Humana? A pesquisa foi desenvolvida com alunos do 4º ano do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas, da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Mundo Novo. Por meio de Sessões de Estudo, fora do horário de aula do curso, foram realizadas as coletas das produções didáticas dos alunos. Nesse contexto, foi adotada como metodologia a abordagem qualitativa, na perspectiva de Marli André, Menga Lüdke e Joel Martins, com o suporte do método fenomenológico, a partir de premissas contidas nos estudos de Maurice Merleau-Ponty, Antonio Muniz Rezende e Maria Aparecida Viggiani Bicudo. A análise das atividades didáticas, praticadas pelos sujeitos da pesquisa, ocorreu conforme pressupostos da Teoria Antropológica do Didático, apresentada nos estudos de Yves Chevallard, Marianna Bosch e Josep Gascón e Berta Barquero; nas discussões atuais em Didática das Ciências, de acordo com os estudos de Jean Pierre Astolfi, Michel Develay, António Cachapuz, Daniel Gil-Pérez, Áttico Chassot, Demetrio Delizoicov e, nas discussões sobre formação docente, conforme estudos de Maurice Tardif, Antonio Nóvoa, Pérez Gómez, Kenneth Zeichner, David Schön. Durante as Sessões de Estudo, os sujeitos da pesquisa resolveram atividades, a partir do conteúdo Digestão Humana, retiradas de um livro didático de Ciências, onde desenvolveram organizações praxeológicas, por meio de organizações biológicas e organizações didáticas consideradas ideais: Construtivistas, Empiristas e Clássicas, por eles validadas e institucionalizadas. Identificamos nessas organizações praxeológicas, características de organizações Pontuais, conforme teoria antropológica. De acordo com os pressupostos teóricos estudados, identificou-se como imprescindível a mudança nos paradigmas de formação docente, na área de conhecimentos focada nesta investigação. Não basta somente elaborar praxeologias consideradas corretas, é preciso ir além. É necessário que a formação docente propicie o desenvolvimento de organizações didáticas novas, que permitam o aprofundamento dos temas de estudo, e proporcione autonomia aos futuros docentes para manipular modelos explicativos a partir do desenvolvimento de novas técnicas.
Palavras-chave: Atividade Escolar
Didática
Ensino
Formação Continuada do Professor
Ensino e Atividades Correlatas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/528
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Educação (Campus de Campo Grande)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vera Machado.pdf2,75 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.