Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2297
Tipo: Dissertação
Título: Caracterização metabólica e estudo morfológico do miocárdio de ratos com obesidade induzida por dieta
Autor(es): Martins, Fernando
Abstract: Dietas hipercalóricas, sedentarismo, aumento da urbanização e estresse psicossocial são alguns dos fatores mais comuns tanto para o aparecimento da obesidade, quanto para a predisposição a outras doenças, tais como diabetes mellitus tipo 2, hipertensão arterial,síndrome metabólica, aterosclerose, doenças articulares, degenerativas e câncer. Dentre inúmeras comorbidades relacionadas com o excesso de adiposidade corporal, acrescenta-se que a obesidade se associa com a ocorrência de remodelação cardíaca, uma condição precursora para a instalação de doenças cardiovasculares e insuficiência cardíaca. Em geral, frente condições de sobrecarga contínua, o coração tende a desencadear uma série de alterações adaptativas, as quais constituem o processo de remodelação cardíaca. Desta forma, torna-se de suma importância elucidar os efeitos da dieta e suas composições nutricionais, assim como as relações destas com o organismo, sendo possível que a composição da dieta seja um fator que module o fenótipo cardíaco em resposta à obesidade. A hipótese do presente trabalho foi verificar se a dieta hiperlipídica saturada associou-se com a manifestação de obesidade, hiperglicemia, dislipidemia e ocorrência de remodelação cardíaca. Foram utilizados 16 Ratos da linhagem Wistar, distribuídos, randomicamente, em dois grupos: Controle (C), tratado com dieta normocalórica, e Obeso (OB) que recebeu dieta hipercalórica e hiperlipídica. O período de estudo foi de 20 semanas. Posteriormente, foram obtidas a caracterização nutricional e biométrica, análises glicêmicas, perfil bioquímico sérico, pressão arterial sistólica, morfologia macroscópica e microscópica do coração. Os resultados confirmaram, em grande parte a hipótese inicial do estudo, levando-se em conta que a ocorrência de obesidade foi acompanhada de hiperglicemia e indicadores morfométricos de remodelação cardíaca no grupo OB. No entanto, tolerância glicêmica e a morfologia macroscópica do coração mostraram-se inalterados pela dieta. Em conclusão, a dieta hipercalórica e hiperlipídica, com aporte majoritário de ácidos graxos saturados, se associou com instalação de obesidade, distúrbios do metabolismo glicêmico e remodelação cardíaca.
ABSTRACT - High fat diet, sedentary lifestyle, increased urbanization and psychosocial stress are some of the most common factors for both the onset of obesity, and for the predisposition to other diseases such as type 2 diabetes mellitus, hypertension, metabolic syndrome, atherosclerosis, joint diseases, degenerative and cancer. Among numerous comorbidities related to excess body fat, it is added that obesity is associated with the occurrence of cardiac remodeling, a precursor condition for the installation of cardiovascular disease and heart failure. In general, front continuous overload conditions, the heart tends to trigger a series of adaptive changes which comprise the process of cardiac remodeling. Thus, it is of utmost importance to clarify the effects of diet and nutritional their compositions, and their relations to the organism, it being possible for the dietary composition is a factor that modulates the cardiac phenotype in response to obesity. The hypothesis of this study was to verify if the saturated fat diet was associated with obesity demonstration, hyperglycemia, dyslipidemia, and occurrence of cardiac remodeling. 16 rats were used Wistar, distributed randomly into two groups: control (C), treated with normocaloric diet, and Obese (OB) who received high calorie and high fat diet. The study period was 20 weeks. Later, were obtained nutritional characterization and biometrics, glucose analysis, biochemical profile, systolic blood pressure, macroscopic and microscopic morphology. The results confirmed largely the initial hypothesis of the study, taking into account that the prevalence of obesity was accompanied by hyperglycemia and morphometric indicators of cardiac remodeling. However, glucose tolerance and macroscopic morphology of the heart showed unchanged by the diet. In conclusion, the high calorie and high fat diet, with major contribution of saturated fatty acids was associated with obesity installation of glucose metabolism disorders and cardiac remodeling.
Palavras-chave: Obesidade
Dieta Hiperlipídica - efeitos adversos
Remodelação Ventricular
Hiperglicemia
Dislipidemias
Ratos Wistar
Obesity
Diet, High-Fat - adverse effects
Ventricular Remodeling
Hyperglycemia
Dyslipidemias
Rats, Wistar
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2297
Data do documento: 2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fernando Martins.pdf673,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.