Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/167
Tipo: Artigo de Periódico
Título: In vitro digestibility of globulins from sapucaia (Lecythis pisonis Camb.) nuts by mammalian digestive proteinases
Título(s) alternativo(s): Digestibilidade in vitro de globulinas das amêndoas de sapucaia (Lecythis pisonis Camb.) por proteinases digestivas de mamíferos
Autor(es): Denadai, Sandra Maria Silveira
Hiane, Priscila Aiko
Marangoni, Sergio
Baldasso, Paulo Aparecido
Miguel, Ana Maria Rauen de Oliveira
Macedo, Maria Lígia Rodrigues
Abstract: Sapucaia (Lecythis pisonis Camb.) raw nuts collected from Brazil were analyzed to determine the proximate composition, amino acid profile of protein fractions, in vitro protein digestibility and antinutritional factors in order to evaluate their potential as a protein alimentary complement. The nuts contained adequate amounts of essential amino acids, fatty acids and minerals. In the present study, no hemagglutinating or inhibitory activities were observed in any of the samples investigated, indicating low or non-detectable levels of proteinase inhibitors or lectins in the samples. In vitro digestibility of in natura and heated nut globulins by mammalian digestive proteinases was carried out using trypsin + chymotrypsin + peptidase, with resulting mean values of approximately 70.30 and 71.35%, respectively. Taken together, the results suggest that sapucaia nuts may provide a new source of protein to use as a potential nutritional agent.
Amêndoas cruas de Sapucaia (Lecythis pisonis Camb.) colhidas no Brasil foram analisadas para se determinar a composição centesimal, o perfil de aminoácidos de suas proteínas, a digestibilidade protéica in vitro e a presença de fatores antinutricionais, para avaliar o seu potencial como complemento alimentar protéico. As amêndoas apresentaram quantidades adequadas de aminoácidos essenciais, ácidos graxos e minerais; no entanto, baixo teor de fibra foi observado. No presente estudo, a presença de lectinas ou inibidores de proteinases, quando detectada, apresentou baixos níveis. A digestibilidade in vitro de globulinas, in natura ou aquecidas, por proteinases digestivas de mamíferos foi realizada utilizando-se tripsina + quimotripsina + peptidase, obtendo-se valores aproximados de 71,5 e 73,5%, respectivamente. Estes resultados sugerem que as amêndoas de sapucaia podem ser utilizadas como complemento alimentar de proteínas, sendo um potencial agente nutricional.
Palavras-chave: Digestão
Proteínas da Dieta
Globulinas
Peptídeo Hidrolases
Prunus
Digestion
Dietary Proteins
Globulins
Peptide Hydrolases
Editor: Ciência e Tecnologia de Alimentos
Citação: DENADAI, Sandra Maria Silveira et al . In vitro digestibility of globulins from sapucaia (Lecythis pisonis Camb.) nuts by mammalian digestive proteinases. Ciênc. Tecnol. Aliment., Campinas, v. 27, n. 3, Sept. 2007 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-20612007000300018&lng=en&nrm=iso>. access on 22 July 2011. doi: 10.1590/S0101-20612007000300018.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: 10.1590/S0101-20612007000300018
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/167
Data do documento: 2007
Aparece nas coleções:CCBS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
In vitro digestibility.pdf200,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.