Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1606
Tipo: Dissertação
Título: Estratégias de referenciação em textos escritos em língua portuguesa por alunos indígenas da Comunidade Terena de Miranda – MS
Autor(es): Silva, Jose Amorim da
Abstract: Este trabalho visou discutir, sob o aporte da Linguística Textual, questões sobre processos de referenciação utilizados em textos escritos em língua portuguesa (L2) por alunos de 8º e 9º anos (ensino fundamental) e também do ensino médio da comunidade terena de Miranda (MS), especificamente sobre estratégias de substituição do referente por elementos gramaticais e lexicais, por meio de processos linguísticos de coerência e coesão textuais, articulados especialmente por Koch (2002; 2004; 2009), Marcuschi (2008), Antunes (2005), Adam (2008), Neves (2000; 2010), Koch e Elias (2009; 2010). Também articulamos autores da Sociolinguística e da Antropologia para esclarecer aspectos do percurso dos terena na região de Miranda localizados no Estado de MS, relevantes por discutirem fatores culturais desses povos, entre eles a sua língua. No que diz respeito à coleta de dados, foram elaborados questionários para que os alunos pudessem escrever textos a partir do conhecimento linguístico e cultural adquirido no contexto social. Foram coletados 97 textos, dos quais foram selecionados 10 para análise dos dados. A escolha dos textos teve como critério as maiores ocorrências de anáfora pronominal e expressões nominais, para que pudéssemos aferir e expor razões pelas quais os alunos usavam tais procedimentos na produção de textos escritos em língua portuguesa (L2), visto que são falantes bilíngues cuja língua materna é a língua terena (L1). O motivo que nos despertou o interesse por analisar tais ocorrências foi justamente por partirem de alunos bilíngues e pertencentes a uma cultura diversa da não indígena. Esta pesquisa não tem simplesmente caráter de designar “objetos-do-mundo”, mas especialmente demonstrar que a estratégia de substituição do referente pertence a uma prática relacionada ao modo de o sujeito utilizar a linguagem no seu mundo real. Tal perspectiva não significa negar o histórico, mas fazer análise sobre o que é discutido e como é abordado nas práticas sociais, uma vez que a referência diz respeito às operações efetuadas pelos sujeitos à medida que as práticas linguísticas se desenvolvem na tessitura do texto. Por isso, analisar a referenciação nos textos de alunos indígenas nos instigou a descobrir como esses discentes utilizam as estratégias de referenciação em seus textos escritos. Por meio da análise empreendida, constatou-se grande número de anáforas pronominais nos textos dos alunos terena ao referenciarem o sujeito por meio dos pronomes “ele”/”ela”. Considerando que esses pronomes contêm uma significação diferente em relação ao modo como referenciam o sujeito em língua materna, inferimos que esse tipo de ocorrência deve-se à influência de L1 em L2.
This study aimed to discuss, under the contribution of Textual Linguistics, questions about processes of referencing used in texts written in Portuguese (L2) by students of 8 and 9 grades and also high school of community terena, in Miranda (MS), specifically about the strategies regarding the replacement of grammatical and lexical elements, through linguistic processes of textual coherence and cohesion, especially articulated by Koch (2002; 2004; 2009), Marcuschi (2008), Antunes (2005), Adam (2008), Neves (2000; 2010), Koch and Elias (2009; 2010). Also articulate authors of Sociolinguistics and Anthropology, to clarify aspects of the pathway of Terena in the region of Miranda in the state of MS, relevant cultural factors to discuss these people, including their language. With regard to data collection, questionnaires were designed so that students could write texts from linguistic and cultural knowledge acquired in the social context. 97 texts were collected, of which 10 were selected for data analysis. The choice of texts was to test the highest occurrences of pronominal anaphora and nominal expressions, so that we could access and expose the reasons why students used such procedures in the production of texts written in Portuguese Language, since they are bilingual speakers whose mother language is Terena language. The reason that aroused interest us to analyze such events was precisely by students belonging to a bilingual and diverse culture of the indigenous. This research is not simply character to designate “world objects”, but especially to demonstrate that the replacement strategy of the referent belongs to a mode of practice related to the subject using language in his real world. This perspective is not to deny historical, but do analysis on what is discussed and how it is approached in social practices, since the reference relates to transactions executed by the subjects as the linguistic practices are developed in the structure of the text. So consider the referral in the texts of indigenous students instigated us to discover how these students use the strategies of referencing in written texts. By means of this analysis, we found lot of pronominal anaphora in texts of terena students to referencing the subject by means of the pronouns “he” / “she”. Whereas these pronouns contain a different meaning in relation to how reference the subject in mother language, we infer that this type of occurrence is due to the influence of L1 on L2.
Palavras-chave: Análise do Discurso Narrativo
Linguística
Referência (Linguística)
Línguas Indígenas
Discourse Analysis, Narrative
Linguistics
Reference (Linguistics)
Indians - languages
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1606
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Letras (Campus de Três Lagoas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Amorim.pdf2,18 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.