Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1368
Tipo: Dissertação
Título: A construção do discurso sobre o trabalho infantil: mídia, imagens e poder
Autor(es): Aguero, Rosemere de Almeida
Abstract: Neste trabalho, tratamos do discurso sobre o trabalho infantil construído pela mídia televisiva brasileira, por meio das imagens e da linguagem verbal recortadas e veiculadas ao público, em dez reportagens sobre a exploração d o trabalho infantil, em Mato Grosso do Sul. As reportagens foram exibidas pela TV Morena e Rede Globo de televisão, a partir do mês de maio, do ano de 2004. Outro aspecto, também estudado, é como a mídia constrói a identidade do sujeito -telespectador a partir dos discurso s que recorta e edita. Partimos das hipóteses que a construção do discurso sobre o trabalho infantil, na mídia televisiva, é o resultado de sucessivas práticas discursivas historicamente construídas, institucionalizadas, e intervenções do poder-saber e de que, na construção desses discursos, os adultos idealizam um universo infantil para a criança pobre, tratando-o a partir de uma visão de infelicidade, baseada na racionalidade adulta , e na possibilidade de uma vida futura mais substancial . A linguagem veiculada é, igualmente, recortada e editada a partir de uma visão baseada na mesma racionalidade. Na perspectiva de comprovar as hipóteses referidas, buscamos algumas regularidades discursivas presentes na linguagem verbal das reportagens selecionadas. Esses dados foram analisados com base na teoria do discurso de Foucault, com contribuição da análise semiológica proposta por Courtine, uma vez que não se pode dissociar os aspectos históricos e lingüísticos das imagens veiculadas, que inauguram novas práticas de análises discursivas na contemporaneidade . Procurando compreender, ainda, os efeitos de sentidos construídos pela mídia , utilizamos conceitos propostos por Charaudeau, que mostra como a mídia, na perspectiva de instância de produção, regula as trocas sociais, construindo determinadas representações, criando e manipulando signos e produzindo sentidos. Nessa análise, a infância foi concebida como uma construção social e, nesse sentido, a televisão foi observada com o objetivo de se verificar como ajuda a construir a identidade social neste país. O trabalho está estruturado em três capítulos. O primeiro capítulo trata das condições de produção do discurso midiático. O segundo, apresenta os principais dispositivos teóricos da AD e o terceiro, analisa o discurs o sobre o trabalho infantil, presente nas dez reportagens , conjugando-se a espessura sócio-histórico-ideológica às imagens veiculadas nas entrevistas e ao funcionamento lingüístico presentes nos enunciados e modos de enunciação. Esperamos poder contribuir, a partir deste trabalho, para a compreensão de como a mídia televisiva constrói um discurso sobre o trabalho infantil, na contemporaneidade, assim como para a importância desses discursos na construção desses novos sujeitos.
In this work we study the disco urse about the working children on Brazilian TV Journals. We analyze this subject considering images and oral languages broadcasted on 10 stories about the exploitation of children labor, in South Mato Grosso. These reports were broadcasted by Morena TV and Rede Globo, during 2004, may. Another aspect observed as well is the way how the media creates th e viewer identity from the discourses that the own media cut and edicts. We have a hypothesis that the disco urse creation about children labor is result of successive disc ursive practices historically maintened and institucionalized. Besides that the intervention of the power as knowledge maker the grown ups ideal ize the child universe to the poor children. They consider this universe unhappy because it is based on adult rationality and on the possibility of richer future. The use of the language on this report is cut and edict based on the same adult rationality. In order to prove the hypothesis we search some discursive regularities on collected report oral language. These data were analysed based on Foucault discourse theories, as well as the Courtine semiologic analysis. It has been done because it is not possib le to dissociate linguistic and historic aspects from the images broadcasted. These image s started new practices of disc ursive analysis nowadays. On this analysis, the childhood was considered a social concept and this sense television was observed in ord er to comprehend how this media contribute to set a social identity in Brazil. This dissertation i s organized in three chapters, t he first one analyses the conditions of mediatic discourse production. The second one presents the main theoric framework of AD and the third one analyses the discourse about the children labor broadcasted on the reports. The analysis took into consideration the social historical and ideological elements to explain the images broadcasted on the interview and the linguistic aspect s on the enunciation and on the ways of enunciation. We intended to contribute to the comprehension about the media TV broadcasts a discourse about the children labor, and how important these discourses are the new social subjects.
Palavras-chave: Meios de Comunicação de Massa - discurso
Meios de Comunicação de Massa - Brasil
Trabalho de Menor
Identidade Social
Poder
Análise do Discurso
Semiologia
Group Identity
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1368
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Letras (Campus de Três Lagoas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rosemere de Almeida Aguero.pdf580,65 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.