Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1129
Tipo: Dissertação
Título: Discursividades sobre a mulher: o tamanho dos seios em questão
Autor(es): Andrade, Fernanda Aline de
Abstract: Na contemporaneidade, a (re)engenharia do corpo propiciada pela cirurgia plástica estética tem se apresentado como um terreno fértil aos projetos identitários produzidos pelos/nos discursos midiáticos. Pode-se constatar como efeito desse processo de (re)produção de identidades realizado pela mídia a (re) definição estética feminina das brasileiras promovida pelo implante cosmético de prótese de silicone nos seios. Diante desse acontecimento, esta pesquisa visa analisar discursivizações sobre a mulher produzidas a partir do aumento do tamanho do seio (re)significado pela cirurgia estética de implante mamário de prótese de silicone, veiculadas pela mídia impressa nacional, que apostam em recursos biotecnológicos, de modo especial, na “siliconização” dos seios, como prática de (re)configuração identitária do sujeito feminino. Para alcançar esse objetivo, foram selecionados alguns recortes de publicações impressas nacionais voltadas para o público feminino, compreendido entre os anos de 2002 e 2007. As análises realizadas foram fundamentadas na Análise do Discurso francesa, com contribuições dos Estudos Culturais o que permitiu entender que o que torna relevante essa discussão é o momento histórico de ascensão social pelo qual a mulher passa e o “poder” de autonomia produzido nos sujeitos por essas discursividades, um vez que se trata do aumento de uma parte do corpo feminino que teve a sua estética controlada, na maior parte do tempo, por instituições masculinas. Nas análises buscou-se observar as influências da mídia como processo interpelatório na (re)construção da(s) identidade(s) feminina(s) das brasileiras, considerando-se tais práticas como um efeito de sentido do discurso como a busca de (re) significar sua identidade, além do paradoxo construído a partir do efeito de autonomia produzido nos sujeitos pelos discursos que envolvem os recursos biotecnológicos, que parecem potencializar na mulher contemporânea a “idéia” de insubmissão aos discursos masculinos. Se por um lado, essas discursividades oferecem ao sujeito a possibilidade de (re)construir “novos” sentidos sobre o feminino, por outro, elas acabam criando estereótipos e estigmatizações, uma vez que o sujeito feminino desejável e autorizado a desejar nessas discursividades é aquele que se enquadra no padrão estético instituído nessas discursivizações. No capítulo I apresentamos uma breve história dos seios procurando confrontar formulações relativas a essa temática; no capítulo II apresentamos os conceitos básicos da Análise do Discurso de linha francesa que são abordados ao longo da pesquisa bem como as questões de gênero, identidade, consumo e mídia e, por fim, no capítulo III discutimos a polêmica dos seios e alguns efeitos de sentidos produzidos no/pelo discurso midiático: discurso da impressa voltada a público feminino: o caso Plástica e Beleza; discurso da fetichização dos seios: a essencialização do feminino: tensão entre o sentido maternal e erótico; discursividades sobre a estética dos seios femininos: o (des) controle de si.
Nowadays, the (re) engineering of the body offered by aesthetic plastic surgery has been presented as a fertile ground to the identity undertaken by/in the media discourses. The (re) definition of the Brazilian feminine aesthetic promoted by cosmetic implant prosthesis of silicone in the breast can be noticed as an effect of this reproduction identities process done by the media. Aware of this “event” this research aims to analyse the discursiveness about the woman produced by the enlargement of the breast reverse-meant by the aesthetic surgery, conveyed by the national pressed media which points to biotechnological resources, especially, in “having silicone implants” as a practice identity re-configuration of the feminine figure. To reach the goal it was selected some cutting from national pressed publication focused on the feminine public, between 2002 and 2007. The analyses were carried out based on the basis of the French Discourse Analysis with some contributions of the Cultural Studies which allowed us to understand that the relevance for the discussion is the historical moment of social rising in which the women go through and also the “power” of autonomy produced in the subject by these discursiveness, once it relates to the enlargement of the feminine´s body’s part which was aesthetically controlled by the masculine institutions. It was searched the influence of the media as a challenge process in the re-built of the Brazilian feminine identities, considering such practices as a sense of effect of the discourse as a way to give another meaning of their identity beyond the paradox built from the sense of autonomy produced in the subjects by the discourses which involve the biotechnological resources that seem to potencialise in the contemporary woman the “idea” of submission to the masculine discourse. As if one hand these discursiveness offer to the subject the possibility to re-built “new” senses about the feminine, on the other hand they, somehow, create stereotypes and stigmatism, once the feminine desirable subject and authorized to desire at these discursiveness is the one who fit in the aesthetic pattern established on these practices. In Chapter I, we present a brief story of the breast in order to confront formulations related to this theme; in Chapter II, we present the basic concepts of the French Discourse Analysis which are approached to the research as well as gender questions, identity, consumption and media and, at last, in Chapter III, we discuss the controversial aspect of the breast and some means of sense produced in/by the midiatic discourse: the pressed discourse directed to the feminine public: the incident Plastic and Beauty, fetishist breast discourse: feminism essentialness: tension among the maternal and erotic sense; discursiveness about the aesthetic of the feminine breast: the one´s self (un) control.
Palavras-chave: Análise do Discurso
Meios de Comunicação
Revistas
Mulheres
Identidade Cultural
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1129
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Letras (Campus de Três Lagoas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fernanda Aline de Andrade.pdf575,63 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.