Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/976
Tipo: Dissertação
Título: Eficácia da Doxiciclina e da combinação com o Dipropionato de Imidocarb no tratamento de Ehrlichia canis em cães
Autor(es): Pedroso, Thatianna Camillo
Abstract: Os objetivos deste trabalho foram comparar a eficácia do tratamento isolado com doxiciclina e da combinação do dipropionato de imidocarb com doxiciclina em cães naturalmente infectados por E. canis, verificando se há vantagens ou não no tratamento combinado; certificar a necessidade de tratamento em cães assintomáticos e ainda acompanhar a evolução clínico-hematológica dos animais durante os tratamentos isolado e combinado. Quinze cães diagnosticados para E. canis por meio de observação de mórulas em células de esfregaço sanguíneo foram distribuídos em três grupos, sem tratamento (C), tratamento com doxiciclina 10 mg/kg via oral uma vez ao dia por 28 dias (D) e doxiciclina combinada ao dipropionato de imidocarb (I), em duas injeções de 5 mg/kg subcutânea com intervalo de 14 dias. Foram realizados exames físico e hematológico semanalmente. A nested PCR para E. canis foi realizada antes e após o tratamento. Verificou-se que os tratamentos foram eficientes, resolveram os sinais clínicos em poucos dias e promoveram a recuperação hematológica em cerca de 70% dos cães. No entanto, não foi observada diferença entre os tratamentos. A eliminação de E. canis foi observada por nested PCR de sangue total em 70% dos cães tratados.
The aims of this study were to evaluate the efficacy of doxycycline alone and of the combination of imidocarb dipropionate with doxycycline in the treatment of dogs naturally infected with E. canis; to analyse if there are advantages in using the association of imidocarb dipropionate and doxycycline in the treatment of E. canis infection; to reassure the need of treatment in assymptomatic infected dogs and also to observe the clinical and hematological recovery of the animals during both treatment protocols. Fifteen dogs suspected of E. canis infection were diagnosed through direct visualization of morulae in blood smear cells. They were divided in three groups: (C) without treatment; (D) treated with doxycycline 10 mg/kg orally once a day for 28 days and (I), with doxycycline associated with imidocarb dipropionate, in two subcutaneously injections of 5 mg/kg 14 days apart. The animals were submitted to physical and hematologic exams weekly. Nested PCR to detect E. canis were performed before and after treatment. We could assume that both treatments were effective and lead to the resolution of clinical signs in a few days and also promoted the hematological recovery in 70% of the dogs. There were no differences between treatments. The elimination of E. canis could be suggested by whole blood nested PCR in 70% of the treated dogs.
Palavras-chave: Cães
Reação em Cadeia da Polimerase
Doxiciclina
Doenças Infecciosas em Animais
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/976
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Ciência Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Thatianna Camillo Pedroso.pdf540,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.