Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/973
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação de leguminosas forrageiras lenhosas como banco de proteina para suplementação de ruminantes
Autor(es): Gama, Tatiana da Costa Moreno
Abstract: O Centro-Oeste brasileiro apresenta grande potencial de aplicação de sistemas que aliam árvores e arbustos à exploração agropecuária tradicional. O uso de leguminosas lenhosas como fonte suplementar pode auxiliar no balanceamento da dieta e permitir melhorias no desempenho dos animais. O objetivo neste trabalho foi avaliar agronomicamente cinco espécies leguminosas forrageiras lenhosas: Albizia lebbek, Cajanus cajan, Cratylia argentea, Gliricidia sepium e Leucaena leucocephala, utilizadas na suplementação de bovinos como banco de proteina em Neossolo Quartzarenico. No experimento foi avaliado o acúmulo de matéria seca das forrageiras sob dois regimes de cortes, a qualidade nutricional e a adaptação destas às condições edafoclimáticas locais. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados com quatro repetições. Para as avaliações foram utilizados duas épocas de corte, com dois cortes em cada época. As folhas da A. lebbeck apresentaram os maiores teores de proteina bruta nos dois cortes das épocas de avaliação (210 a 212 g/kg). A digestibilidade in vitro da matéria seca nas folhas da A. lebbeck foi significativamente superior, com valores médios de 568 g/kg. A A. lebbeck, C. argentea e G. sepium apresentaram os maiores conteúdos para digestibilidade nas hastes. A C. argentea e o C. cajan apresentam os maiores conteúdos de cálcio na primeira época de corte. Na segunda época de corte o teor de cálcio na C. argentea foi superior às demais espécies. O C. cajan apresentou os maiores conteúdos de fósforo na primeira e segunda épocas de avaliação. Não houve diferença significativa no acúmulo de matéria seca no primeiro corte de ambas as épocas de avaliação para as espécies estudadas. Já na rebrota, no segundo corte das épocas de avaliação, a A. lebbeck e a C. argentea foram superiores as demais leguminosas. O C. cajan não se recuperou após o primeiro corte, tendo um baixo acúmulo de forragem na rebota. A A. lebbeck apresentou alto valor nutritivo e, juntamente com a C. argentea obteve um dos maiores acúmulos de MS quando comparada às demais espécies.
The Central West Brazil shows great potential for the application of systems that combine trees and shrubs to exploiting traditional farming. The use of woody legumes as a supplement source can further assist in balancing the diet and allow improvements in the performance of the animals. The goal in this work was to evaluate five species agronomically woody forage legumes: Albizia lebbek, Cajanus cajan, Cratylia argentea, Gliricidia sepium and Leucaena leucocephala, used for supplementation of cattle used in the protein bank in Quartzpisament. In the experiment was evaluated the production of forage under regime of cuts, the nutritional quality and adaptation to the soil and climatic conditions locations. The experimental design was in randomized blocks with four replications. For the evaluations were used two seasons with two cuts each. The leaves of A. lebbeck showed the highest levels of the Crude Protein in the two cuts of times for assessment (210 to 212 g/kg). The in vitro digestibility of dry matter in the leaves of A. lebbeck was significantly higher, with average values of 568 g/kg. The A. lebbeck, C. argentea and G. sepium showed the highest content for digestibility of the stems. The C. argentea and C. cajan had the highest values of Ca, in the 1 season. In the 2 season, C. argentea was superior to the other species. The C. cajan showed higher content of P in the 1 and 2 seasons of evaluation. There was no significant difference in the productivity of Dry Matter at first cut of times of assessment for the species studied. Already in regrowth, the second cut of times for evaluation, the A. lebbeck and C. argentea were higher than the other legumes. The C. cajan not recovered after the first cut, and a low accumulation of DM in the second cut of times for evaluation, showing potential to compose banks protein in the short term. The A. lebbeck presented high nutritional value and with the C. argentea returned one of the best yields of production when compared to other species.
Palavras-chave: Solo Arenoso
Suplementos Protéicos para Animais
Suplementos Alimentares para Animais
Nutrição Animal
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/973
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Ciência Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tatiana da Costa Moreno Gama.pdf785,25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.