Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/948
Tipo: Dissertação
Título: Desenvolvimento e avaliação da virulência residual de uma cepa mutante de Brucella abortus
Autor(es): Souza, Fabiane Gonçalves de
Abstract: Brucella spp. são bactérias gram-negativas, intracelulares facultativas que são patogênicas para muitas espécies de mamíferos causando a brucelose, uma zoonose difundida mundialmente. Por isso a busca de alternativas de controle mais eficientes se faz necessário como o desenvolvimento de novas cepas que possam ser testadas como potenciais imunógenos. Neste estudo realizou-se a deleção do gene virB10 da cepa S2308 de Brucella abortus gerando uma cepa knockout provavelmente incapaz de produzir a proteína nativa correspondente. O gene virB10 faz parte de um operon que codifica para um sistema de secreção do tipo IV, essencial para a sobrevivência intracelular e multiplicação da bactéria em células hospedeiras. A deleção foi realizada pela construção do plasmídeo suicida pBlue:virB10:kan e eletroporação deste em células eletrocompetentes de B. abortus S2308, ocorrendo a troca do gene selvagem pelo gene interrompido, com o gene de resistência a canamicina, por recombinação homóloga dupla. Camundongos BALB/c foram inoculados com as cepas S19, RB-51, ΔvirB10 de B. abortus e B. abortus S2308 selvagem e a avaliação da persistência revelou que o gene virB10 é essencial para a manutenção da virulência da bactéria. Os resultados obtidos possibilitarão que outras pesquisas sejam realizadas avaliando o potencial imunogênico desta cepa mutante.
Brucella spp. is an intracellular facultative gram-negative bacteria which is pathogenic for many species of mammals, causing brucelosis, a worldwide spread zoonosis. Therefore the search for more efficient alternatives of control, as the development of new strains that can be tested as potential immunogens, is necessary. In this study, we knockouted virB10 from Brucella abortus S2308 strain, generating a mutant strain probably incapable to produce the corresponding native protein. The gene virB10 is part of an operon that codifies for type IV secretion system, which is essential for the intracellular survival and multiplication of the bacteria in host cells. The knockout was carried through by the construction of the suicidal plasmid pBlue: virB10: kan and eletroporation in eletrocompetent cells of B. abortus S2308, leading to the exchange of the wild gene for the interrupted gene, containing the gene of resistance to kanamycin, for double homologous recombination. BALB/c mice were inoculated with S19, RB-51, ΔvirB10 strains of B. abortus and S2308 wild strain. The evaluation of the persistence of the strains showed that virB10 is essential for the maintenance of the virulence. These results support other studies concerning the immunogenic potential of this mutant strain.
Palavras-chave: Brucella Abortus
Bacilos e Cocos Aeróbios Gram-Negativos
Brucelose
Doenças Infecciosas
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/948
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Ciência Animal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fabiane Gonçalves de Souza.pdf621,68 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.