Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/898
Tipo: Dissertação
Título: Estudo das práticas alimentares dos turistas: uma contribuição metodológica para o planejamento turístico e o fortalecimento do Agronegócios
Autor(es): Souza, Mauro Caetano de
Abstract: Identificar as necessidades do mercado e os motivos que levam os consumidores a optarem por determinados produtos se constitui em uma atividade de grande importancia para o sucesso das organizações, pois somente assim elas poderão desenvolver produtos que possam atender as necessidades dos clientes e, com isso, alcançarem resultados satisfatórios. Essa realidade tambe se aplica ao planejamento turístico, pois deve-se identificar os fatores que interferem no processo de tomada de decisão do turista e, com isso, buscar oferecer-lhes produtos adequados as suas necessidades. No presente trabalho foram pesquisados fatores relacionados ao consumo alimentar do turista em um destino turístico, sendo levantadas teorias que tratem da atividade turística, dos turistas e suas motivações, além da distinção entre as práticas alimentares hedonicas e utilitárias dos turistas, que teve como base o modelo apresentado por Babin et al. (1994) e da produção agroalimentar como base para o estudo do Agronegócios. Foi utilizada uma amostra de 93 turistas que estiveram na cidade de Campo Grande, MS com os mais diferentes propósitos de viagem durante os meses de maio de junho de 2006 em 17 diferentes hotéis de várias categorias, sendo realizados questionamentos a respeito das suas práticas de consumo de alimentos, sendo que as respostas foram bi-polarizadas em hedonicas e utilitárias. Os resultados apontaram, com um grau de confiabilidade de 90% e margem de erro de 7,8%, que 30% dos turistas que visitam Campo Grande apresentam práticas alimentares hedonicas de consumo, ou seja, são orientados principalmente por aspectos emocionais relacionados à alimentação, enquanto que 70% são orientados por aspectos racionais e apresentam práticas utilitárias de consumo. A análise estatística do estudo apontou que fatores como procedencia dos turistas, frequencia de visita ao destino, motivo e forma de viagem, além da faixa etária e dias de permanencia no destino não interferem de forma significativa na prática de consumo alimentar hedonica ou funcional do turista, entretanto, o fator genero do turista interfere de forma significativa na prática alimentar do turista (p-valor = 0,014), o que aponta uma forma de seguimentação desse mercado. Dessa forma, a partir dos resultados alcançados, espera-se contribuir para um melhor entendimento academico sobre o fenomeno turístico, além de também poder contribuir para o planejamento turístico de um destino, fortalecimento do Agronegócios e, consequentemente, promoção do desenvolvimento sócio economico do país
Palavras-chave: Comportamento do Consumidor
Consumo de Alimentos
Turismo - Mato Grosso do Sul
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/898
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Agronegócios

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Mauro Caetano de Souza.pdf358,38 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.