Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/895
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorOliveira, Tito Carlos Machado de-
dc.contributor.authorNogueira, Maria Aparecida Farias de Souza-
dc.date.accessioned2011-11-28T16:32:03Z-
dc.date.available2011-11-28T16:32:03Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/895-
dc.description.abstractO presente trabalho teve como objetivo definir a capacidade estática de armazenamento de grãos nas microrregiões da Grande Dourados e Sul-Fronteira do Estado do Mato Grosso do Sul, definidas no Projeto intitulado MS2020 e localizadas na região de fronteira do Brasil com o Paraguai. O instrumental utilizado para tanto foi, primeiramente, o levantamento de referencial teórico sobre a armazenagem, sobre o estado do Mato Grosso do Sul e sobre a região de fronteira. O segundo passo foi o levantamento de dados da produção de grãos nos municípios destas microrregiões, nos períodos de dez/2001 a jun/2006, em relação à oferta de armazéns do tipo a granel e do modo convencional. Para o levantamento de dados dos estoques e da produção, foram considerados dados do IBGE e CONAB. Adotou-se como referencia para o cálculo da capacidade estática a quantidade de grãos obtidos na produção referente ao período já citado, dos quais foram deduzidos a disponibilidade de capacidade de armazenagem por microrregião. Os resultados obtidos sinalizaram que não há déficit da capacidade estática de armazenamento do tipo convencional, principalmente na microrregião da Grande Dourados. A microrregião Sul-Fronteira possui uma defasagem na capacidade de estocagem de foco pontual, na área de estocagem a granel, mostrando municípios como locais potenciais para receber investimentos na ampliação. Portanto, pode-se concluir que alguns municípios poderiam ampliar a capacidade de armazenamento para facilitar o deslocamento dos grãos para as unidades armazenadoras; no entanto, as duas microrregiões, no geral, não necessitam ampliar seu sistema armazenador. Dessa forma, a expansão planejada do sistema de armazenamento pode contribuir para minimizar as perdas no escoamento da produção, uma vez que o estado está muito distante dos portos. Assim, uma logística intermodal (mais competitiva) integrada com um sistema de armazenamento planejado pode diminuir o custo total envolvido para escoar a produção de grãos sul-mato-grossense até os locais de entrega.pt_BR
dc.description.abstractThe present work had as objective to define the static capacity of storage of grains in the microregions of Dourados and South-Frontier of Mato Grosso do Sul State, defined in MS2020 Project and located in the region of frontier of Brazil with the Paraguay. The instrument used to obtain that was, firstly, the survey of theoretical referential on the storage, the state of the Mato Grosso do Sul and the region of frontier. The second step was the data-collecting of the production of grains in the cities of these microregions, in the period of dez/2001 jun/2006, in relation to offers of warehouses of the type in bulk and the conventional way. For the data-collecting of the supplies and the production, had been considered data of IBGE and CONAB. It was adopted as reference for the calculation of the static capacity the amount of grains gotten in the referring production to the cited period, of which had been deduced the availability of capacity of storage for microregion. The gotten results had signaled that it doesn't have deficit of the static capacity of storage of the conventional type, mainly in the Great microregion of the Dourados. The microregion South-Frontier possesses an imbalance in the capacity of stockage of prompt focus, in the stockage area in bulk, showing cities as local potentials to receive investments in magnifying. Therefore, it can be concluded that some cities could extend the storage capacity to facilitate the displacement of the grains for the storing units; however, the two microregions, in the generality, do not need to extend its storing system. By the way, the planned expansion of the storage system can contribute to minimize the losses in the draining of the production, once that the state is very distant of the ports. Thus, an intermodal logistic (more competitive) integrated with a system of planned storage can diminish the involved total cost to drain the production of the grains in the State until the delivery places.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectGrãospt_BR
dc.subjectProdutos Agrícolaspt_BR
dc.subjectArmazenagem de Alimentospt_BR
dc.titleO armazenamento de grãos nas regiões da Grande Dourados e Sul-fronteira do Mato Grosso do Sul com o Paraguai: um estudo de casopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Agronegócios

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Maria Aparecida Farias de Souza Nogueira.pdf4,82 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.