Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/880
Tipo: Dissertação
Título: Cadeia produtiva de castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa) no estado de Mato Grosso
Autor(es): Souza, Ivonete Fernandes de
Abstract: A floresta amazonica, por sua diversidade e riqueza natural da flora, fauna e minerais, desperta a atenção de estudiosos, políticos, ecologistas e curiosos. Se, para algumas pessoas, a floresta representa empecilho ao desenvolvimento economico, para outros sugere sobrevivencia ou oportunidade de negócios. A castanha-do-Brasil (Bertholletia excelsa) é um dos produtos com grande potencial de exploração socioeconomica com mínimo impacto ambiental. Dada sua incidencia em quase toda a Amazonia Continental, praticamente toda população da floresta explora a castanha para consumo e ou como atividade comercial. No estado de Mato Grosso este é um dos produtos florestais não madeireiros com grande importancia na composição da renda dos extrativistas. Este trabalho pretendeu demonstrar os aspectos tecnológicos do processo de produção da cadeia produtiva de castanha-do-brasil no estado de Mato Grosso, as estruturas de mercado e de governança existentes entre os agentes da cadeia produtiva e os apoios institucionais à cadeia produtiva. Propos-se uma abordagem sistemica para as avaliações técnica, economica e de governança dos segmentos que compõem a cadeia produtiva, utilizando a análise de cadeia (análise de filiére) como ferramental analítico. Utilizou-se a Teoria da Nova Economia das Instituições para explicar as estruturas de governança existentes entre os agentes economicos da cadeia. O processo tecnológico da cadeia produtiva no estado de Mato Grosso segue o mesmo padrão do processo tecnológico existente no Brasil. As estruturas de mercado observadas por este estudo são: concorrencia perfeita, oligopólio concentrado e monopólio. As estruturas de governança são: mercado spot e contato informal. O apoio institucional com o qual a cadeia produtiva efetivamente pode contar é o Programa Integrado da Castanha (PIC), coordenado pela Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade Federal de Mato Grosso (FAMEV/UFMT).
The Amazon rainforest by its diversity and natural richness of flora and fauna and minerals calls attention to the studious, politicians, ecologists and curious people. If for some people the rainforest represents hindrance for the economical development, for others it represents survival or business opportunities. The Brazil nut (Bertholletia excelsa) is one of the product with big potential of socio-economical exploration with the minimum environmental impact. Due to its incidence in almost all Continental Amazon practically all population of the rainforest explores the nuts to consume and/or as commercial activity. In Mato Grosso State this is one the forest product non wood carving as big importance at the extrativist men's income. This paper intends to show the technological aspects of the productive chain production process of Brazil nut in Mato Grosso State, the structures of market and the government existing between the production chain agents and the institutional supports to the productive chain. It is proposed a systematic approach for government and economical technical evaluations, of the segments which consist of productive chain, using the chain analysis (filére analysis) as analytical tool. It uses the Theory of New Institutions Economy to explain the existing governance structures among the chain economical acting. The technological process of the productive chain in Mato Grosso State follows the same standard of the technological process existing in Brazil. The structures of market observed by this study are: perfect rivalry, concentrated oligopoly and concentrated monopoly. The structure of governance are: spot market and informal contact. The institutional support with which the productive chain may count on is the NIP - Nut integrated Program, coordinated by FAMEV/UFMT - Agronomy College and Veterinary Medicine of Universidade federal of Mato Grosso.
Palavras-chave: Economia Institucional
Mercado Agrícola
Política Agrícola
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/880
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Agronegócios

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ivonete Fernandes de Souza.pdf1,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.