Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/422
Tipo: Dissertação
Título: Prevalência de erosão dentária em escolares de 10 a 14 anos de Campo Grande - MS
Título(s) alternativo(s): Prevalence of tooth erosion in 10-14-year-old schoolchildren of Campo Grande - MS
Autor(es): Barros, Vivian Rosa dos Santos Paes de
Abstract: Lesões erosivas são encontradas desde a dentição decídua e são decorrentes de hábitos alimentares, comportamentais e de algumas doenças que, direta ou indiretamente, expõem as dentições a substâncias ácidas e/ou subjugam as defesas naturais da cavidade bucal contra as agressões químicas. Estudos epidemiológicos em diferentes países revelaram altas freqüências deste desgaste em crianças e adolescentes. O objetivo desta pesquisa foi estimar a prevalência de erosão dentária na dentição permanente de escolares de 10 a 14 anos de Campo Grande (MS) e identificar fatores associados com a presença do desgaste erosivo. A amostra foi composta de escolares das redes municipal, estadual e privada matriculados no ano letivo de 2008. Os escolares foram avaliados mediante os parâmetros do índice Tooth Wear Index of Smith and Knight (1984) modificado. Em seguida, aplicou-se um formulário com perguntas sobre a freqüência de exposição a substâncias e hábitos relacionados como potencialmente erosivos para a erosão dentária. Das 941 crianças examinadas, 372 possuíam pelo menos uma região dental com desgaste erosivo. A prevalência de erosão dentária encontrada foi de 39,5% (36,4% – 42,7% IC 95). Foi observada associação estatisticamente significativa entre a presença de erosão dentária e o consumo de bebidas desportivas. A elevada taxa de desgaste dental erosivo encontrada, em mais de um terço da população jovem, alerta para a necessidade de ações de promoção de saúde nesta região onde previamente não havia estudos de erosão dentária.
Erosive lesions can be found since the deciduous dentition and are the effect of dietary, behavioral habits, and of some diseases that, in a direct or indirect way, expose dentitions to acid substances and/or subjugate the oral cavity’s natural defenses against acid attacks. Epidemiological data in many countries revealed high frequencies of this type of wear in children and adolescents. This investigation aimed to study the aspects of tooth wear by erosion in the permanent dentition of 10-14-year-old schoolchildren of Campo Grande (MS) and to identify some associated factors with the presence of erosive wear. The sample was composed of students enrolled in 2008 of public and private schools. The subjects were evaluated under the parameters of the Tooth Wear Index of Smith and Knight (1984) modified. Next, a formulary was applied. Its questions regarded the frequency of exposure to acid substances and related habits associated with erosive wear. From 941 children examined, 372 had at least one dental region affected by erosive wear. Results showed prevalence of dental erosion of 39,5% (36,4% – 42,7% IC 95%). Significant relation was found between the presence of dental erosion and the intake of sports drinks. The high rate of erosive wear found, in more than one third of young the population, alerts to the necessity of health promotion strategies in this region which previously lacked of those investigations.
Palavras-chave: Erosão Dentária
Inquéritos Epidemiológicos
Dentição Primária
Tooth Erosion
Health Surveys
Dentition, Primary
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/422
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Vivian Rosa dos Santos Paes de Barros.pdf740,82 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.