Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/394
Tipo: Dissertação
Título: Análise epidemiológica e molecular de Candidemia em pacientes internados no NHU-UFMS, 1998–2006
Autor(es): Xavier, Paula Cristhina Niz
Abstract: A incidência de infecções na corrente sanguínea (ICS) causada por Candida spp tem aumentado nos últimos anos. Estudos realizados em diferentes países têm mostrado diferença na epidemiologia das infecções invasivas por essas leveduras. Na região Centro-Oeste do Brasil, dados sobre candidemia são escassos. Essa doença está associada à alta taxa de mortalidade (30% a 60%) e a prolongada permanência hospitalar. Nós realizamos uma análise retrospectiva de casos de ICS por Candida em um hospital terciário de ensino do Mato Grosso do Sul, Brasil, para estudar os aspectos clínicos e epidemiológicos da doença, assim como para determinar a similaridade genética das leveduras isoladas por meio da técnica de PCR-RAPD. Noventa e seis casos de ICS por Candida spp, registrados entre janeiro de 1998 e dezembro de 2006, foram incluídos no estudo. A idade dos pacientes variou de 3 dias a 85 anos, sendo 53 (55,2%) adultos e 43 (44,8%) pediátricos. Eles estiveram internados por um período que variou de 01 a 124 dias com média de 30 dias. Os episódios de candidemia foram registrados em maior número no CTI adulto (n= 29; 30,1%) e UTI neonatal (n= 25; 26,0%). Entre os pacientes pediátricos, 23 eram pré-termos. Dezessete neonatos (68%) tinham peso inferior à 1500g ao nascimento. Cinqüenta e oito pacientes (60,4 %) foram a óbito durante a hospitalização. As principais condições associadas foram: permanência hospitalar por mais de 15 dias (n=66; 68,8%), cateter em posição central (61; 63,5 %) e uso de cefalosporina de 3ª geração (n=55; 57,3%). Entre os pacientes pediátricos, cinco (11,6%) apresentavam má formação congênita e doze (27,9%), infecção perinatal. As doenças de base mais relatadas foram: Diabetes Mellitus (10,4%), tumor sólido (9,4%) e doenças hematológicas (12,5 %). Os agentes mais freqüentes foram: Candida albicans (45,8%), Candida parapsilosis (34,4%), Candida tropicalis (14,6%) e Candida glabrata (5,2%). A amplificação do DNA genômico das leveduras isoladas gerou uma grande variedade de perfis genéticos entre as diferentes espécies de Candida e entre as cepas de uma mesma espécie, comprovando o alto poder discriminatório da técnica. Esta é a primeira descrição de infecção na corrente sanguínea por espécies de Candida no Mato Grosso do Sul, Brasil, e confirma a importância da suspeita clínica de infecções invasivas por Candida spp na evolução do paciente, principalmente quando idosos e neonatos estão envolvidos.
The incidence of bloodstream (BSI) Candida infections has increased in the last years. Studies carried out in several countries have shown differences in the epidemiology of the invasive infections caused by this yeast. In the Center-West region of Brazil, data about candidemia are still scarce. This pathology is associated with high mortality (30% to 60%) and with longer hospital stay. We have carried out a retrospective analysis of cases of Candida BSI in a tertiary teaching hospital in Mato Grosso do Sul, Brazil, to study the clinical and epidemiological aspects of the disease and to determine the genetic similarity of the yeasts isolated through PCR-RAPD assay. Ninety-six cases of Candida spp BSI, reported between January 1998 and December 2006, were included in the study. The patients´ age ranged from 3 days to 85 years; 53 (55,2%) adults and 43 (44,8%) children. They have been in hospital for a period ranging from 01 to 124 days, with an average of 30 days. Candidemia episodes were recorded most at adult ICU (n= 29; 30,1%) and newborn ICU (n= 25; 26,0). Among the pediatrics, 23 were newborns. Seventeen neonates (68%) had birth weight lower than 1500g. Fifty-eight patients (60,4 %) died during hospital stay. The main associated conditions were: hospital stay longer than 15 days (n=66; 68,8%), catheter in central position (61; 63,5 %) and use of third-generation cephalosporins (n=55; 57,3%). Among the pediatric patients, five (11,6%) presented with congenital malformation and twelve (27,9%) with perinatal infection. The most frequently reported base illnesses were: Diabetes Mellitus (10,4%), solid tumor (9,4%) and hematological diseases (12,5 %). The most common agents were: Candida albicans (45,8%), Candida parapsilosis (34,4%), Candida tropicalis (14,6%) and Candida glabrata (5,2%). The amplification of genomic DNA of the isolated yeasts gave origin to a large variety of genetic profiles among the different species of Candida and among the strains of the same species, proving the high discriminatory power of the technique. This is the first description of bloodstream infection caused by Candida species in Mato Grosso do Sul, Brazil, and confirms the importance of the clinical suspicion of invasive Candida spp infections in the patients´ evolution, especially when elderly patients and neonates are involved.
Palavras-chave: Candidemia
Fatores de Risco
Reação em Cadeia da Polimerase
Risk Factors
Polymerase Chain Reaction
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/394
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Paula Cristhina Niz Xavier.pdf1,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.