Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/339
Tipo: Dissertação
Título: Representações sociais de gestantes que freqüentam um serviço de pré-natal de alto risco
Autor(es): Souza, Eunice Delgado Cameron de
Abstract: A gestação, o parto e o puerpério são eventos fisiológicos na vida da mulher. No entanto, a gestação de alto risco provoca mais alterações físicas e emocionais, as quais exigem cuidado especializado e acompanhamento continuo por parte dos profissionais de saúde, bem como, o envolvimento da família. O objetivo deste estudo foi compreender o significado, conhecimento e sentimento de vivenciar uma gestação de alto risco para as gestantes que freqüentam o pré-natal de alto risco no Ambulatório de Ginecologia e Obstetrícia do Núcleo de Hospital Universitário (NHU) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). A população estudada foi constituída de 21 gestantes que apresentavam, no mínimo, uma intercorrência clínica e que estavam realizando acompanhamento. O instrumento utilizado nas entrevistas foi um roteiro semi-estruturado e previamente testado. O estudo percorreu os caminhos metodológicos da pesquisa qualitativa, sob o enfoque do discurso emitido pelas gestantes, segundo a abordagem metodológica do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) e o referencial de análise foi a Representação social. A análise das representações sociais sobre o significado da gestação de alto risco, na visão desse grupo de mulheres, reforça a concepção de que vivenciar esta gestação significa uma prova de força, de coragem, a gestante se percebe diferente e manifesta desejo de ser acolhida e ter direito de participar do “seu” processo de reprodução. Sentem grande ansiedade e expectativa com relação à integridade física e a preservação da vida delas e dos filhos que estão gestando. Quanto ao conhecimento sobre a gestação, este é praticamente inexistente. Elas representaram incertezas no futuro. Conhecer melhor as experiências das gestantes de alto risco, como pensam, seus conhecimentos e medos, pode ser de grande valia na prática da equipe que assiste essas mulheres. A atuação da equipe multiprofissional na assistência a gestante pode proporcionar o atendimento das necessidades assistenciais e educativas a que toda gestante tem direito, uma vez que, a construção da qualidade da atenção pré-natal preconizada pelo Ministério da Saúde está implícita na valorização do acolhimento como um de seus componentes.
The pregnancy, the birth and the puerperium are the woman’s life physiological events. However, the high-risk pregnancy causes more physical and emotional changes, which requires special care and monitoring by the health professional, as the family involvement. The objective of this study was to comprehend the meaning, knowledge and feeling to experience a high-risk pregnancy for the pregnant woman that attend the high-risk prenatal at the Gynecology and Obstetrics clinic of the nucleus of the University Hospital (NHU) of the Federal University of state of Mato Grosso do Sul (UFMS). The studied population is made of twenty-one pregnant women who had, at last, one clinical complication and being monitored. The instrument used in the interviews was a semi-structured script and previously tested. The study went in the methodology way of qualitative research, by the focus of the pregnant women speech, according to the methodological approach of the Discourse of the Collective Subject (DSC) and the analysis reference was the social representation. The representation analysis under the meaning of high-risk pregnancy, in the female group view, reinforces the idea that living this pregnancy means a strength and braveness proof, the pregnancy is noticed different and express desire to be accepted and have the right to participate “her” reproduction process. They feel a great anxiety and expectation of the physical integrity and their and their generating children lives preservation. About the pregnancy knowledge, it is almost nonexistent. They represent future uncertainties. Knowing better the experience of pregnant woman high-risk pregnancy, how they think, their knowledge and fears, can be of great value in the practice of the team which attends these women. The performance of the multi-professional team in the assistance of the pregnant woman can provide the care of social and educational needs that every pregnant woman have right, since the prenatal quality construction recommended by the Health Ministry is implicitly in the appreciation of reception as one of its components.
Palavras-chave: Saúde da Mulher
Gravidez de Alto Risco
Cuidado Pré-Natal
Women's Health
Pregnancy, High-Risk
Prenatal Care
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/339
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Eunice Delgado Cameron de Souza.pdf405,51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.