Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/325
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos da indução de hiperóxia no tecido pulmonar de ratos wistar
Autor(es): Pereira, Daniel Martins
Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos da concentração de oxigênio a 100% em tempo de exposição de 72 horas no tecido pulmonar de ratos wistar. Foram estudados 12 ratos machos com peso médio de 210±15,9 g, com idade entre 60 e 90 dias, distribuídos de forma aleatória em dois grupos com 6 animais cada, permanecendo o grupo Controle nas condições da fase de adaptação e o grupo Hiperóxia, submetidos à inalação de oxigênio umidificado na concentração de 100% administrado de forma contínua em um total de 12 L/min por 72 horas. Ao término da exposição todos os animais apresentaram padrão compatível com insuficiência respiratória aguda (aumento da freqüência respiratória, perda da coloração cutânea e manutenção de estado de hipocinesia), com progressão de óbito para três animais antes de completadas 24 horas após a exposição. A análise histológica revelou para o grupo Controle média de espessura dos septos alveolares de 0,38±0,1 μm e para o grupo Hiperóxia de 0,62±0,2 μm (p<0,0001). Em relação à contagem de pontos NORs por célula o grupo Controle apresentou 1,0±0,4 dots e o grupo Hiperóxia 1,8±0,4 dots (p=0,0064). Achados como inflamação aguda, inflamação crônica, edema alveolar, hemorragia alveolar, desnudamento de áreas do epitélio alveolar e atelectasia não foram observados. Após análise dos resultados conclui-se que a exposição à concentração de 100% por tempo de 72 horas pode causar alterações histológicas compatíveis com início do processo de inflamação e com aumento da atividade celular em decorrência de agressões oxidativas, provocando disfunção respiratória para todo o grupo e óbito para alguns dos animais submetidos à hiperóxia.
The aim of this study was to evaluate the 100% oxygen concentration effects in Wistar rats’ lung tissue after 72 hours of exposition. Twelve male rats with mean weight 210±15,9g, 60 to 90 days of age was studied, at random distributed in two groups with 6 animals. Control group remained in adaption phase conditions, and Hyperoxic group was submitted to inhalation of 100% humidified oxygen concentration with 12 L/min continuous administration during 72 hours. After exposition, all animals presented compatible signals of acute respiratory failure (respiratory rate increase, cyanosis and hypocinetic state), three animals to made death progress before 24 hours exposition. Histological analysis revealed alveolar septa thickness mean of 0,38±0,1 bm in Control group, and 0,62±0,2 bm in Hyperoxic group. The mean values of AgNOR dots for the Control group was 1,0±0,4 dots, and in Hyperoxic group 1,8±0,4 dots (p=0,0022). Acute inflammation, chronic inflammation, alveolar edema, alveolar hemorrhage, alveolar epithelium denuded areas and atelectasis weren’t observed. After results analysis it was concluded that 100% oxygen concentration after 72 hour exposition can cause histological alterations compatible with inflammatory process beginning and cellular activity increase by oxidative aggressions, causing respiratory dysfunction in whole group and death in some animals submitted to hyperoxia.
Palavras-chave: Oxigênio
Hiperóxia
Pneumopatias
Oxygen
Hyperoxia
Lung Diseases
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/325
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Daniel Martins Pereira.pdf2,67 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.