Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/3098
Tipo: Dissertação
Título: Avaliação do consumo de diferentes concentrações de farinha de bocaiuva em ratos Wistar alimentados com dieta hipercalórica
Autor(es): Santos, Mirelly Marques Romeiro
Abstract: A obesidade é considerada um dos maiores problemas de saúde pública e uma das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) que epidemiologicamente mais cresce em todo o mundo. Com base nisso, o objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do consumo de diferentes concentrações de farinha de bocaiuva em parâmetros de saúde de ratos Wistar alimentados com dieta hipercalórica. Os frutos da bocaiuva foram coletados no campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande. Os animais foram divididos em dois grupos experimentais: 1) Grupo controle com Dieta Hipercalórica – HC (n=9); 2) Grupos experimentais com dieta hipercalórica suplementadas com farinha de bocaiuva - FB, sendo: a) Dieta hipercalórica com suplementação de 5% de farinha de bocaiuva - HC5FB (n=10); b) Dieta hipercalórica com suplementação de 10% de farinha de bocaiuva - HC10FB (n=9); c) Dieta hipercalórica com suplementação de 15% de farinha de bocaiuva - HC15FB (n=10). Foi avaliado o estado nutricional dos animais experimentais, o peso dos órgãos (fígado, coração, rim, baço, pâncreas e músculo sóleo), bem como realizado a análise histológica do fígado, intestino e tecido adiposo, analisado os indicadores bioquímicos plasmáticos, realizado o teste de tolerância a glicose (TTG) e o teste de tolerância a insulina (TTI), ainda, foi avaliada a peroxidação lipídica (TBARS) no cérebro, fígado, rim e plasma e quantificado os metabólitos presentes no soro dos animais. Os animais do grupo HC5FB, HC10FB e HC15FB, apresentaram diminuição no peso do rim, coração, músculo sóleo e baço, e redução do ganho de peso, comprimento, e da gordura corporal, diferindo estatisticamente do grupo HC. Embora a suplementação de farinha de bocaiuva não alterou a peroxidação lipídica, parâmetros bioquímicos e a tolerância à glicose, foi observada uma maior resistência insulínica nos grupos que receberam a suplementação de farinha de bocaiuva. Com relação aos parâmetros histológicos, a suplementação de 15% de farinha de bocaiuva preservou o tecido hepático, bem como as vilosidades intestinais dos danos causados pelo consumo da dieta de cafeteria, e também preveniu a hipertrofia dos adipócitos. A análise dos metabólitos presente no soro dos animais demonstrou distinção entre os grupos avaliados, uma vez que a região espectral correspondente aos carboidratos foi relevante para o grupo HC15FB e a região correspondentes aos lipídios foi importante para o grupo HC. Desta forma, conclui-se que o uso da farinha de bocaiuva na alimentação de animais recebendo uma dieta de cafeteria foi eficiente na diminuição do ganho de peso e acúmulo de gordura corporal, protegendo o organismo de lesões hepáticas e da degeneração das vilosidades intestinais causadas pelo consumo da dieta de cafeteria. Assim, tais resultados são de extrema importância, uma vez que não existem dados na literatura associando o consumo de farinha de bocaiuva no controle dos danos causados pela obesidade, evidenciando a necessidade de mais estudos a esse respeito, principalmente com relação ao percentual de suplementação.
ABSTRACT - Obesity is considered to be one of the largest public health problems and one of the fastest growing epidemiological noncommunicable diseases (NCDs) in the world. Based on this, the objective of this study was to evaluate the effects of the consumption of different concentrations of bocaiuva flour on health parameters of Wistar rats fed a hypercaloric diet. The fruits of the bocaiuva were collected on the campus of the Federal University of Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande. The animals were divided into two experimental groups: 1) Control Group with Hypercaloric Diet - HC (n = 9); 2) Experimental groups with hypercaloric diet supplemented with Bocaiuva flour - FB, being: a) Hypercaloric diet with 5% supplementation of bocaiuva flour - HC5FB (n = 10); B) Hypercaloric diet with supplementation of 10% of bocaiuva flour - HC10FB (n = 9); C) Hypercaloric diet with 15% supplementation of bocaiuva flour - HC15FB (n = 10). The nutritional status of the experimental animals, the weight of the organs (liver, heart, kidney, spleen, pancreas and soleus muscle), as well as the histological analysis of the liver, intestine and adipose tissue, analyzed the biochemical Glucose tolerance test (TTG) and insulin tolerance test (TTI), lipid peroxidation (TBARS) in the brain, liver, kidney and plasma was also evaluated and the metabolites present in the serum of the animals were quantified. The animals of the group HC5FB, HC10FB and HC15FB showed decreased weight of kidney, heart, soleus and spleen muscle, and reduction of weight gain, length, and body fat, differing statistically from HC group. Although supplementation of bocaiuva flour did not alter lipid peroxidation, biochemical parameters and glucose tolerance, a higher insulin resistance was observed in the groups that received bocaiuva flour supplementation. Regarding the histological parameters, the 15% supplementation of bocaiuva meal preserved the liver tissue as well as the intestinal villi of the damages caused by the consumption of the cafeteria diet, and also prevented adipocyte hypertrophy. The analysis of the metabolites present in the serum of the animals showed a distinction between the groups evaluated, since the spectral region corresponding to the carbohydrates was relevant for the HC15FB group and the region corresponding to the lipids was important for the HC group. In this way, it was concluded that the use of bocaiuva flour in the feeding of animals receiving a cafeteria diet was efficient in reducing weight gain and accumulation of body fat, protecting the organism from liver damage and degeneration of intestinal villi caused by Consumption of the cafeteria diet. Thus, these results are extremely important, since there are no data in the literature associating the consumption of bocaiuva flour in the control of the damages caused by obesity, evidencing the need for further studies in this regard, mainly in relation to the percentage of supplementation.
Palavras-chave: Frutas
Obesidade
Ratos Wistar
Fruit
Obesity
Rats, Wistar
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/3098
Data do documento: 2017
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.