Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/295
Tipo: Dissertação
Título: Capacidade antibacteriana da própolis de Apis mellifera associada ao fluoreto de sódio no controle do biofilme dental
Título(s) alternativo(s): Antibacterial ability of propolis from Apis mellifera associated to sodium fluoride on dental’s biofilm control
Autor(es): Carli, Alessandro Diogo de
Abstract: As propriedades antibacterianas da própolis despertaram o interesse da Odontologia em utilizá-la como meio de controle do biofilme dental. O objetivo deste estudo foi avaliar a ação de um gel de própolis 5% associada ao fluoreto de sódio 0,05% sobre as contagens dos níveis salivares de Streptococcus mutans, inativação de manchas brancas e acúmulo do biofilme dental em pacientes de alto risco à cárie. Participaram do estudo 97 crianças que possuíam contagens de Unidades Formadoras de Colônia de Streptococcus mutans superiores a 106 / mL de saliva. A amostra foi dividida aleatoriamente em dois grupos experimentais: Grupo I (n= 49, Gel A) e Grupo II (n=48, Gel B), realizando-se um ensaio clínico duplo-cego randomizado. Após quatro aplicações tópicas consecutivas do gel experimental (uma vez por semana), os níveis salivares de Streptococcus mutans foram avaliados pelo método da espátula; as manchas brancas através da observação clínica e o acúmulo do biofilme pelo Índice de Higiene Oral Simplificado. Os resultados revelaram uma redução significativa (p< 0,0001) nos níveis salivares de Streptococcus mutans em ambos os grupos, com melhor desempenho do Gel A (Própolis 5% + NaF 0,05%) comparado ao Gel B (Própolis 5%); a mesma situação foi observada em relação à inativação de manchas brancas. O acúmulo do biofilme foi reduzido significativamente (p< 0,0001) após a aplicação dos géis, em ambos os grupos, porém, sem diferença significativa entre eles (p>0,05). Concluiu-se que a Própolis 5% acrescida de NaF 0,05% atou significativamente sobre as contagens salivares de Streptococcus mutans e é capaz de reequilibrar o processo DES-RE, inativando manchas brancas. Em relação ao acúmulo do biofilme dental, o desempenho de ambos os géis experimentais foi semelhante.
Antibacterial properties from propolis has become a subject of increasing interest in Dentistry to use it as a chemical control for the dental biofilm. The aim of this study was to evaluate the action of a 5% propolis gel associated to 0,05% sodium fluoride over the assesment of salivary levels of Streptococcus mutans, inhibition of white spots, and dental biofilm increasing, at high caries risk patients. This study was previously submitted and aproved by Survey Ethical Comitte at UFMS. Voluntaries’ permission allowed by 97 children whose rates were over 106 / mL of saliva assesment of Streptococcus mutans colony – forming units were used in this research. The sample was randomly divided in two groups: Group 1 ((n= 49, Gel A) and Group 2 (n=48, Gel B), trough a randomized double-blind trial. Four topics applications were done with the experimental gel once a week, during a month. The salivary levels of Streptococcus mutans were analised by the spatula method as the white spots by clinical observation and biofilm accumulation by the IHO-S index. Data revealed a significative reduction of Streptococcus mutans in salivary levels with the best performance of the Gel A (Propolis 5% + NaF 0,05%) - ( p< 0,0001) when compared to Gel B (Propolis 5%). The same results were observed in inhibition of white spots. Biofilm accumulation was significantly reduced (p<0,0001) after the gel aplication in both groups, but they didn’t show statistical difference (p>0,05). It was concluded that 5% propolis added to 0,05% sodium fluoride acted over the salivary levels of Streptococcus mutans and showed the ability to balance DES-RE process, inactivating white spots. Regarding dental biofilm accumulation, the performance of both gel were the same.
Palavras-chave: Própole
Fluoreto
Streptococcus mutans
Propolis
Fluoride
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/295
Data do documento: 2007
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Alessandro Diogo de Carli.pdf661,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.