Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/294
Tipo: Dissertação
Título: Efeitos da radiação laser de baixa potência com comprimentos de onda de 660nm e 904nm em um modelo experimental de osteoartrose
Título(s) alternativo(s): Effects of low power laser radiation with 660nm and 9004nm wave length in a experimental model of osteoarthritis
Autor(es): Rosa, Alessandra Schleder da
Abstract: O objetivo deste estudo foi analisar a influência da radiação laser de baixa potência, com comprimentos de onda de 660nm e 904nm em um modelo experimental de osteoartrose. A amostra foi composta de 54 ratos machos adultos Wistar, divididos em três grupos denominados G1, G2 e G3. Para a indução da lesão foram realizadas três infiltrações no joelho direito, com 10 μl de solução de papaína 4% e adicionado 10 μl de solução de cisteína. Após duas semanas da última infiltração, o grupo G1 foi tratado com laser 660nm, 6J/ cm², 6 pontos ao redor da articulação do joelho, 16 segundos cada ponto. O grupo G2 foi tratado com o laser 904nm, 288 segundos, 6J/cm² em 4 pontos, e o grupo G3 adotado como grupo controle. Os dados foram submetidos à análise estatística, utilizando o teste de Kruskal Wallis e o nível de significância estabelecido em p<0,05. Quanto ao tipo de revestimento da membrana sinovial encontrado, houve diferença estatisticamente significativa entre 7 e 14 dias (p<0,05) no grupo G2, e no período de 14 dias , entre o grupo G1 e G2 (p<0,05). Quanto à formação de novos vasos houve diferença estatisticamente significativa quando comparado G1 com G3 no período de 7 e 21 dias, e G2 e G3 em 21 dias. A formação de tecido fibrótico também foi maior em G3 (p<0,05). Conclui-se que a laserterapia estimula a angiogênese e diminui a formação de fibrose no reparo do modelo de lesão, principalmente com o laser de comprimento de onda de 904nm.
The objective of this study was to analyze the influence of low power laser radiation with 660nm and 904nm wave length in a experimental model of osteoarthritis. The sample was composed by 54 Wistar male adult rats divided into three groups called G1, G2 and G3. In order to induce the lesion three infiltrations with 10 μl of papain 4% solution and adding 10 μl of cysteine solution were carried out in the right knee. 2 weeks after the last infiltration, group G1 was treated with 660nm, 6J/ cm² laser, 6 spots around the knee articulation, 16 seconds each spot. Group G2 was treated with 904nm laser, 288 seconds, 6 J/cm² in 4 spots and group G3 was adopted as control group. The data were submitted to statistic analysis using the Kruskal Wallis test and the level of significance established at p<0.05. As for the kind of revestment of synovial membrane found, there was statistically significant difference between 7 and 14 days (p<0.05) in group G2, and in the period of 14 days between groups G1 and G2 (p<0.05). As far as the formation of new vessels is concerned there was statistically significant difference when G1 was compared to G3 in the period of 7 and 21 days and G2 to G3 in 21 days. The formation of fibrotic tissue was also higher in G3 (p<0.05). We concluded that laser therapy stimulates angiogenesis and reduces the fibrosis formation in experimental model of osteoarthritis, mainly with the use of laser with 904nm wave length.
Palavras-chave: Cartilagem Articular
Osteoartrite
Terapia a Laser de Baixa Intensidade
Cartilage, Articular
Osteoarthritis
Laser Therapy, Low-Level
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/294
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Alessandra Schleder da Rosa.pdf4,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.