Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2932
Tipo: Dissertação
Título: A textura do solo e o crescimento da ciganinha (Memora peregrina (Miers) Sandwith – Bignoniaceae)
Autor(es): Rocha-Júnior, Elio de Oliveira
Abstract: O atual modelo de exploração das pastagens tem culminado em um processo avançado de degradação dos solos, com espécies nativas assumindo o status de planta invasora, como Memora peregrina (Miers) Sandwith e competindo com as espécies forrageiras. Esta planta é de difícil controle mecânico ou químico, e apresenta diversas e eficientes estratégias de propagação. Acredita-se que seu sucesso na invasividade esteja associado, entre outros fatores, à textura do solo. Proprietários e trabalhadores rurais observaram empiricamente uma “preferência” da planta aos solos de textura arenosa. Entender as peculiaridades ecofisiológicas de M. peregrina poderá auxiliar a proposição de alternativas de controle mais eficientes. O objetivo nesta pesquisa foi avaliar o efeito da textura do solo no crescimento e desenvolvimento de M. peregrina. Plântulas foram produzidas em câmaras de germinação do tipo BOD até o surgimento do primeiro par de eófilos e então foram transferidas para vasos de 50 L e cultivadas sob três tratamentos: solos arenoso, misto e argiloso. Durante 147 dias, com intervalos de 21 dias (sete amostragens), foram mensuradas variáveis como altura máxima da planta, número de brotos a partir do colo, número de folhas, área foliar e matéria seca das estruturas. As variáveis área e matéria seca foliar, comprimento e massa seca do caule e massa seca da estrutura subterrânea foram superiores em plantas cultivadas em solo arenoso. Este crescimento provavelmente é devido à menor resistência mecânica do solo arenoso ou à sua melhor oxigenação. Já as plantas cultivadas em solos argilosos e mistos não diferiram significativamente no peso seco total, área foliar, comprimento total, comprimento e peso seco caulinares. Parâmetros de crescimento e desenvolvimento de M. peregrina apresentam relação positiva quanto à textura do solo, sendo a arenosa a mais apropriada para a planta e, consequentemente, solos com esta característica são mais vulneráveis à invasão, confirmando a observação empírica de proprietários e produtores rurais quanto à textura mais propícia à ocupação por M. peregrina. Estes dados podem auxiliar na proposição de estratégias de controle mais eficientes e menos onerosas além de auxiliar na identificação de possíveis focos de invasão.
ABSTRACT - The current model of pastures exploitation has culminated in an advanced process of degradation which they are established. Native species take status of weeds, as Memora peregrina (Miers) Sandwith, competing with the forage species. This plant is difficult to control mechanically or chemically, and presents diverse and effective spread strategies. Is believed that his success in invasiveness is associated, among other factors, to the soil texture. Farmers and workers observed empirically a "preference" of the plant to the soils of sandy texture. Understanding ecophysiological peculiarities of M. peregrina will help to proposing more efficient control alternatives. The objective of this study was to evaluate the effect of soil texture on growth and development of M. peregrina. Seedlings were grown in BOD germination chambers until the appearance of the first pair of leaves. From then were transferred to 50 L recipients and grown under three treatments: sandy soil, clay and mixed. During 147 days, with intervals of 21 days (seven samples), variables were measured as maximum height of the plant, number of shoots from the base, number of leaves, leaf area and dry structures. The variables area and dry leaf, length and dry mass of stem and dry weight of the underground structure were higher in plants grown in sandy soil. This growth is probably due to lower mechanical resistence of sandy soil or due to better oxygenation. Those plants grown in clay and mixed soils did not differ significantly in dry weight, leaf area, total length, stem length and dry weight. Parameters of growth and development of M. peregrina have positive relationship on the soil texture, and the sand the most appropriate for the plant ,and thus, soils with this feature are more vulnerable to invasion. It also confirmed the empirical observation of farmers and workers about the texture more vulnerable to invasion by M. peregrina. These data may help in proposing more efficient and less costly control strategies and help in the identification of possible invasion outbreaks.
Palavras-chave: Características do Solo
Pastagens
Bignoniaceae
Plantas Daninhas - crescimento & desenvolvimento
Soil Characteristics
Pasture
Plant Weeds - growth & development
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2932
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Elio de Oliveira Rocha-Júnior.pdf1,62 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.