Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2925
Tipo: Dissertação
Título: Associação de biomembrana com quitosana e laser de baixa intensidade para bioestimulação tecidual em ratos
Título(s) alternativo(s): Biomembrane association with chitosan and low intensity laser for tissue bioestimulation in rats
Autor(es): Coelho, Bárbara Dantas
Abstract: O sucesso de qualquer procedimento cirúrgico depende do reparo tecidual final. Com isso, a associação de biomembrana com quitosana e do laser de baixa intensidade (LBI), já comprovados os efeitos cicatrizantes separadamente, poderá acelerar esse processo. A pesquisa foi realizada após aprovação do Comitê de Ética no Uso de Animais (CEUA) da Universidade Federal de Mato Grosso do sul (UFMS), protocolo 666/2015. Foram utilizados 33 ratos Wistar, procedentes do biotério da UFMS, machos, com aproximadamente 350 g. Cada animal foi pesado previamente para que as doses das medicações pré e pós-operatória fossem individualizadas. Foram feitas quatro feridas cirúrgicas padronizadas nas calvárias dos animais. As lesões receberam os seguintes materiais: Coágulo (controle-A); laser (Grupo-B); quitosana (Grupo-C) e a associação do LBI com a quitosana (Grupo D). O tempo de avaliação dos animais foi de sete (T1), quatorze (T2) e vinte e um dias (T3), sendo cada tempo constituído de 11 animais. Logo após, os animais foram sacrificados com superdosagem do anestésico Cloridrato de Cetamina associado ao Cloridrato de Xilazina e foram confeccionadas 132 laminas histológicas para avaliação da reepitelização, angiogênese, anexos cutâneos e fibrinogênese (quantidade, espessura e organização das fibras colagenosas). O estudo foi experimental duplo cego, realizado por avaliadoras calibradas que fizeram a leitura das lâminas, sendo cada grupo especificado anteriormente por letras (A,B,C,D). A associação do LBI com a quitosana não acelerou o reparo tecidual das lesões, porém, o tempo foi determinante para isso. Com 14 dias todas as feridas já estavam cicatrizadas clinicamente e com 21 dias, histologicamente, as lesões estavam semelhantes ao tecido adjacente normal em todos os grupos. Novos estudos com análise quantitativa, independente do avaliador, são sugeridos para comprovação dos resultados obtidos.
ABSTRACT - The success of any surgical procedure depends on the final tissue repair. This way, the biomembrane association with chitosan and low intensity laser therapy, with healing effects already proven separately, may accelerate this process. The survey was conducted after approval by the Ethics Committee on Animal Use of the Federal University of Mato Grosso do Sul (UFMS), protocol 666/2015. 33 Wistar rats were used, from the experimental laboratory of the University, males, weighting approximately 350 g. Each animal was previously weighed so that the doses of pre and postoperative medication were individualized. Four standard surgical wounds were made in the calvaria of these animals. Lesions received the following materials: Clot (Control-A); Laser (Group-B); Chitosan (Group-C) and low intensity laser associated with chitosan (Group D). The evaluation time of the animals was seven (T1), fourteen (T2) and twenty-one days (T3) each time period consisting of 11 animals. Soon, the animals were sacrificed with an overdose of Ketamine Hydrochloride anesthetic associated with Xylazine hydrochloride and 132 histological slides were prepared for the evaluation of re-epithelialization, angiogenesis, fibrogenesis and skin appendages (amount, thickness and organization of collagenous fibers). The study was a double blind trial, carried by qualified evaluators who did the strip readings, each group being previously specified by letters (A, B, C, D). The association of the low intensity laser with chitosan did not accelerate the tissue injuries healing process, however, time was crucial. Within 14 days all wounds were already clinically healed and within 21 days, histologically, the injuries were similar to the adjacent normal tissue in all groups. New studies with quantitative analysis, independent on the evaluator, are suggested for verification of results.
Palavras-chave: Cicatrização
Terapia de Tecidos Moles
Quitina
Wound Healing
Therapy, Soft Tissue
Chitin
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2925
Data do documento: 2016
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Odontologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bárbara Dantas Coelho.pdf3,52 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.