Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/290
Tipo: Dissertação
Título: Causas do abandono do tratamento da tuberculose no Centro de Doenças infecto-parasitárias e no Centro Especializado Municipal, Unidades de Referencia de Campo Grande - MS, 2002 e 2003
Autor(es): Almeida, Sueli Aparecida Diorio de
Abstract: Este estudo de série de casos, epidemiológico e descritivo, objetiva caracterizar os casos de abandono do tratamento da tuberculose nas Unidades de Saúde de referencia - Centro de Doenças Infecto-Parasitárias (CEDIP) e Centro Especializado Municipal (CEM) - de Campo Grande, MS, de 2002 e 2003. Na coleta de dados realizou-se levantamento do cadastro do Sistema Nacional de Agravos de Notificação da Secretaria Municipal de Saúde Pública, seguido de entrevista em domicílio dos casos registrados, após assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. O formulário abrangeu as variáveis: atendimento e assiduidade do usuário, acesso à unidade, efeitos colaterais dos medicamentos, padrão de alimentação, outros agravos, vicios, relação da atividade profissional, limitações decorrentes da doença e motivo do abandono do tratamento. Foram detectados nestas duas unidades 195 casos de portadores de tuberculose (107 em 2002 e 88 em 2003), do total dos 514 notificados no municipio. Houve 153 (78,4%) casos de cura, 10 (5,1%) de abandono, 16 (8,2%) de transferencia, 9 (4,6%) de óbito e 7 (3,5%) de mudança de diagnóstico. Dos 10 casos efetivos de abandono, 7 ocorreram em 2002 e 3 em 2003. Dois condenados pela justiça que estavam foragidos; 2 andarilhos; 3 mudaram-se do municipio sem deixar novos endereços; um usuário de drogas (24 anos), de cor negra, escolaridade ignorada, caso novo pulmonar bacilífero com abandono aos 3 meses de tratamento por sentir vertigem, uso de transporte coletivo para a unidade de saúde, alimentação satisfatória, tendo AIDS como agravo associado, usando bebida alcoólica destilada e fermentada, trabalhando na época como vigia de veiculos, havendo interrompido o tratamento por sentir-se melhor e curado; um presidiário (29 anos) no município de Dourados, cor parda, com 4 a 7 anos de estudo, caso novo com meningite tuberculosa, com 4 meses de tratamento mas sentindo mal-estar, alimentação satisfatória, tendo AIDS como agravo associado, fumante de um maço de cigarros por dia, havendo abandonado o tratamento por necessitar de escolta policial para a unidade de saúde; uma senhora do lar (59 anos), cor negra, sem escolaridade, caso novo com meningite tuberculosa e 3 meses de tratamento, uso de transporte coletivo para ir à unidade de saúde, aceitação dos medicamentos, mas como agravos associados, dores abdominais e de cabeça e desanimo, havendo interrompido o tratamento por acreditar em "saravá" feito contra ela. Os tres casos entrevistados são de 2002 e provieram do CEDIP. Identificaram-se nas referidas unidades: 3,4% de abandono em 2003, inferior aos 5% preconizados pelas normas do Ministério da Saúde; individuos predisponentes ao abandono do tratamento, tanto socialmente como pelas condições de vida; possibilidade de monitoramento e aperfeiçoamento do sistema de vigilancia e fluxo de informações; educação permanente e valorização da equipe de saúde local, sensibilizada e atuante, alerta na detecção, tratamento e controle dos casos com supervisão direta, incluindo avaliação de contatos, educação em saúde, provisão de medicamentos e organização dos serviços, com apoio dos Programas de Agente Comunitário e Saúde da Família (PACS-PSF).
This descriptive epidemiological study of a series of cases characterizes those of tuberculosis treatment abandonment in the reference Health Unitsthe Centre for Infectious and Parasitic Diseases (CEDP) and the Specialized Municipal Center-in Campo Grande, Mato Grosso do Sul State, Brazil, during 2002 and 2003. Data were collected in a study of the registers of the National System of Notifiable Diseases of the Municipal Public Health Secretariat, followed by an interview at the home of the cases registered, after the signing of a Document of Informed Consent. The form used contained the following variables: treatment and promptness of the user, access to the treatment unit, side-effects of the medication, eating habits, other diseases, vices, professional activities, limitations due to the infection and motivation for abandoning treatment. Results: 195 cases were identified in these units (107 in 2002 and 88 in 2003), of the total of 514 notifications in the Municipality. The following results were seen: 153 cases cured (78.4%), 10 abandoned (5.1%) 16 cases transferred (8.2%), 9 deaths (4.6%) and, in 7 cases (3.5%), change of diagnosis. Amongst the 10 cases of abandonment, 7 were in 2002 and 3 in 2003: two condemned criminals of unknown abode; 2 tramps; 3 moved without leaving new addresses; one addict (24 years old), Afro-Brazilian, of unknown schooling, new pulmonary case, abandoned treatment at three months because of dizziness, uses public transport to get to the treatment unit, alimentation adequate, AIDS as an associated disease, drinks alcoholic beverages (distilled and fermented), actual occupation guarding cars, interrupted treatment feeling better and cured; one prisoner (29 years) in the Municipality of Dourados, mulatto, 4- 7 years of schooling, new case with tuberculous meningitis, 4 months of treatment but feeling ill, treatment abandoned because of the need of police escort to the treatment unit, alimentation adequate, AIDS as an associated disease, smokes one packet of cigarettes daily; and a housewife (59 years), Afro-Brazilian, no schooling, new case with tuberculous meningitis and 3 months of treatment, uses public transport to reach the treatment unit, accepts the medication but suffers from abdominal pain, headaches and apathy, interrupted treatment because she believes in a curse on her. The three interviews cases are from the CEDIP in 2002. In the units studied, the following results were identified: 3.4% of abandonment was seen in 2003, below the 5% limit set by the Ministry of Health; the individuals with predisposition for abandonment, both socially and due to their living conditions; the possibility of monitoring; improvement in the system of vigilance and the flow of information; maintenance of the sensibility of activity of the local health team; treatment and control of cases with direct supervision, including evaluation of contacts, health education, provision of medication and the organization of service activities with the support of the Program of Community Agents and Family Health (PACS-PSF), remaining efficient and dynamic in collaboration with other municipal health units and in Mato Grosso do Sul State.
Palavras-chave: Doenças Parasitárias
Tuberculose
Pacientes Desistentes do Tratamento
Parasitic Diseases
Tuberculosis
Patient Dropouts
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/290
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Sueli Aparecida Diorio de Almeida.pdf668,1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.