Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/281
Tipo: Dissertação
Título: Prevalencia da infecção pelo vírus da Hepatite C em doadores de sangue em Campo Grande-MS, 2004
Autor(es): Torres, Marina Sawada
Abstract: Estima-se que em todo mundo entre 170 a 200 milhões de pessoas estão infectadas pelo virus da hepatite C, o que corresponde a 3% da população mundial. No Brasil, estimam-se que mais de 2 milhões de brasileiros encontram-se infectados pelo virus. Este estudo teve como objetivo estimar a prevalencia dos marcadores sorológicos da hepatite C, bem como caracterizar o perfil sócio-demográfico e analisar os principais fatores de risco associados à infecção pelo virus da hepatite C em doadores de sangue. A pesquisa foi realizada na Hemorrede pública de Campo Grande-MS (Hemosul, Hemonúcleo do Hospital Universitário e Hemonúcleo do Hospital Rosa Pedrossian), no periodo de 01/01/2004 a 31/12/2004. A população de estudo foi composta de doadores com sorologia reagente no teste de ELISA, e posteriormente confirmado no Immunoblot (RIBA), foi empregado um formulário individual para informações pertinentes à pesquisa. A prevalencia do marcador sorológico anti-VHC encontrada em doadores de sangue foi de 0,17%. A população caracterizou-se por individuos de ambos os sexos, com predominancia do sexo masculino com 81,3%, e idade média de 39,4 anos, ± 9,1 (DP) e 23,1% (CV), a maior parte era proveniente do próprio Estado (Mato Grosso do Sul). Quanto às demais variáveis sócios demográficas, houve predominancia da cor branca com a maioria vivendo com companheiro(a), tinham baixo nivel de escolaridade (1° grau), baixa renda familiar (1 a 3 salários minimos) com predominio de 3 a 4 pessoas vivendo no mesmo domicílio. Ao compararmos os resultados de ELISA e Immunoblot somente 54,6% foram confirmados positivos pelo método Immunoblot, 40,9% foram confirmados negativos e 4,5% indeterminados. Foram estatisticamente associados como principais fatores de risco à infecção pelo virus da hepatite C, a hemotransfusão antes de 1994, histórico de prisão, tatuagem, uso de drogas ilicitas e doença sexualmente transmissivel (p(p≤0,05). Quando aplicado valores de regressão logistica múltipla obtivemos os seguintes resultados: ter múltiplos parceiros aumenta em 0,6 vezes o risco de ser infectado pelo VHC, numa probabilidade de 39%; ter múltiplos parceiros e ter tatuagem aumenta em 2,5 vezes o risco de ser infectado pelo VHC, numa probabilidade de 62%; ter múltiplos parceiros, ter tatuagem e ser usuário de drogas ilicitas, aumenta em 4 vezes o risco de ser infectado pelo VHC, numa probabilidade de 87%. Os resultados obtidos reforçam a necessidade da realização de um teste complementar para confirmação de toda sorologia reagente no teste de triagem para hepatite C nos hemocentros. Este estudo também sugere uma reavaliação na triagem clinica que antecede a doação de sangue bem como informar ao candidato à doação de sangue, da importancia em responder corretamente e verdadeiramente ao formulário, com o objetivo de prevenção e controle na transmissão do virus da hepatite C.
It is estimated that between 170 and 200 million people all over the world are infected with hepatitis C virus, which corresponds to 3% of the world population. In Brazil, it is estimated that more than 2 million Brazilians are infected with the virus. The objective of this study was to estimate the prevalence of serological markers of hepatitis C as well as characterizing the socio-demographic profile of blood donors, in order to analyze the main risk factors associated with hepatitis C infection. The research was carried out at the Campo Grande Hemocenter public network - MS (Hemosul, Hemonucleo do Hospital Universitário e Hemonucleo do Hospital Rosa Pedrossian), between 01/01/2004 and 31//12/2004. The study population was composed of donors positive in the ELISA test, subsequently confirmed by immunoblot (RIBA). An individual form was used to obtain information related to the research. The prevalence of anti-HCV serological markers, in blood donors, was 0.017%. The population was characterized by individual of both sexes, being 81.3% males, and an average age of 39.4 years + - 9.1 (SD) and 23.1% (CV), mostly from Mato Grosso do Sul State. As far as the other socio-demographic factors are concerned, there was a prevalence white people, not living alone, with low level schooling, low family income (between 1 and 3 minimum salaries) and most of the households with 3 or 4 people. When compared the ELISA methods to Immunoblot the results were: 54,6% positives, 40,9% negatives and 4,5% undetermined. Statistically, the main risk factors associated with infection with hepatitis C virus were: blood transfusion before 1994, a prison record, tattooing, drug addiction, venereal disease (p≤0,05). When multiple logistic regression was performed, the following results were obtained: having multiple partners increases 0.6 times the risk of being infected with VHC, (probability 39%); having multiple partners and tattooing, an increase of 2.5 times the risk of being infected with VHC, (probability 62%); having multiple partners, tattooing and drug addiction, increases 4 times the risk of being infected with HCV, (probability 87%). The results obtained reinforce the need for a complementary test to confirm serologic positivity in the selection test for hepatitis C in hospitals. This study also suggests a reassessment before blood donation in hemocenters, to inform candidate blood donors, and the importance of answering correctly and truly the forms, as a way of prevention and control of hepatitis C transmission.
Palavras-chave: Doadores de Sangue
Hepatite C
Perfil de Saúde
Blood Donors
Hepatitis C
Health Profile
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/281
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marina Sawada Torres.pdf558,47 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.