Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2798
Tipo: Dissertação
Título: Sucessão ecológica de macrófitas aquáticas em baceiros no Pantanal
Autor(es): Coutinho, Bruna Alves
Abstract: O baceiro é uma fase adiantada da sucessão da vegetação aquática, que se inicia com macrófitas flutuantes livres e culmina com ilhas flutuantes de ciperáceas, ervas e arbustos. Há, desta forma, modificações florísticas e estruturais durante a sucessão, mas esta ainda não é bem compreendida. Ilhas flutuantes em estágios sucessionais iniciais apresentam a base flutuante composta por macrófitas vivas, enquanto ilhas mais antigas apresentam solo orgânico flutuante. O objetivo do presente estudo foi verificar como ocorre a sucessão ecológica de assembléias de macrófitas aquáticas em baceiros na Baía Grande, Pantanal (MS) e sua relação com a espessura do histossolo. O trabalho foi realizado em uma antiga lagoa de meandro, conectada ao rio Aquidauana durante cheias maiores. A amostragem de macrófitas aquáticas foi realizada com auxílio de embarcação motorizada, entre os meses de agosto/2014 e agosto/2015. Todos os baceiros registrados foram marcados para que pudesse ser realizado o acompanhamento das modificações florísticas e fitossociológicas, além da verificação da espessura do histossolo. A modificação na estrutura da comunidade foi analisada por meio do cálculo da frequência, dominância e valor de importância. A ordenação das amostras foi realizada por escalonamento multidimensional não métrico (NMDS) pela distância Bray-Curtis a partir da cobertura relativa das espécies de macrófitas aquáticas. Foram registradas 58 espécies, pertencentes a 23 famílias e 47 gêneros. Três famílias pertencem às Pteridófitas sensu lato, uma às Briófitas e as demais às Angiospermas. Dentre as famílias mais ricas, destacaram-se Poaceae (8 spp.), Asteraceae (7 spp.) e Cyperaceae (6 spp.). As espécies com maiores valores de importância foram: Oxycaryum cubense, Ludwigia helminthorrhiza, Eichhornia azurea e Vigna longifolia. As medidas de espessura do histossolo dos baceiros variaram de 1 a 51 cm, sendo possível observar que a maioria das espécies (63,3%) foi registrada em estágios iniciais e intermediários de sucessão (1 a 34 cm).
ABSTRACT - Floating island is an advanced succession phase of the aquatic vegetation, that starts with free floating macrophytes and culminates with floating islands of sedges, herbs and shrubs. This way, there are floristic and structural changes during the succession, however these are not well understood yet. Floating islands in initial successional stages present the floating basis composed of living macrophytes, whereas older islands present floating organic soil, the histosol. The objective of our study was to verify how the ecological succession of assemblages of aquatic macrophytes occurs in floating islands in the Baía Grande, Pantanal wetland (Mato Grosso do Sul state) and its relation with thickness of the histosol. Fiel work was carried out in an ancient oxbow lake, connected to the river Aquidauana during high floods. Sampling of aquatic macrophytes was performed on a motor boat, between August/2014 and August/2015. All recorded floating islands were tagged to allow to follow floristic and phytosociological changes, and to measure thickness of the histosol. Changes in the community structure were analysed by through calculation of frequency, dominance and importance value. Ordination of samples was performed through non-metric multidimensional scaling, by Bray-Curtis distance calculated from the relative cover of the aquatic macrophyte species. We recorded 58 species, belonging to 23 families and 48 genera. Three families are Pteridophytes sensu lato, one is Bryophyta and the others are Angiosperms. Among the richest families stood out Poaceae (8 spp.), Asteraceae (7 spp.) and Cyperaceae (6 spp.). The species with highest importance values were: Oxycaryum cubense, Ludwigia helminthorrhiza, Eichhornia azurea and Vigna longifolia. Thickness of the histosol of floating islands varied from 1 to 51 cm, being observed that most species (63,3%) were recorded in initial and intermediate stages of succession (1 to 34 cm).
Palavras-chave: Plantas Aquáticas
Sucessão Ecológica
Plantas - análise
Aquatic Plants
Ecological Succession
Plants - analysis
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2798
Data do documento: 2016
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bruna Alves Coutinho.pdf190,74 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.