Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2726
Tipo: Dissertação
Título: Depressão e comportamento suicida na atenção primária
Autor(es): Magalhães, Lucimara da Silva
Abstract: Questiona-se, sobre a situação, tentativa de suicídio pela qual o paciente passou e ainda como avalia os serviços da atenção primária. Este estudo teve como objetivo contextualizar a depressão e o comportamento suicida de pacientes em atendimento na atenção primária segundo a percepção dos mesmos. Trata-se de pesquisa qualitativa com base em dados primários e secundários, realizada no período de março a julho de 2014. Foram considerados como sujeitos da pesquisa, 25 pacientes com idade entre 18 a 61 anos. Atendidos na Atenção Primária de Campo Grande – MS, de unidades que pertencem ao Distrito Leste, Distrito Oeste, Distrito Norte e Distrito Sul. Como técnica para obtenção do discurso dos pacientes foi utilizado entrevista semi-estruturada. Os dados foram analisados utilizando se o método do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Como fundamentação teórica utilizou-se a teoria das representações sociais que possibilita a compreensão do coletivo, atuando como indicador da realidade. A análise dos dados dos pacientes depressivos com comportamento suicida trouxe o indicativo de conteúdos referentes a três ideias centrais: antecedentes familiares; antecedentes pessoais e questões espirituais. No que se refere aos antecedentes familiares expõem que o comportamento suicida está relacionado com a consanguinidade devido a casamentos entre primos e fatores hereditários oriundos de seus genitores. Em relação aos antecedentes pessoais embora não houvesse a pergunta sobre trauma ou violência os participantes destacaram o histórico de abuso sexual e todos, mencionaram aspectos relacionados à sua própria história de vida, com destaque para o conflito familiar. Já as questões espirituais aparecem com a indicação de que terceiros a consideram como causa ou motivação para o comportamento suicida, sendo reproduzida essa crença pelos pacientes. Sobre a percepção dos serviços oferecidos na atenção primária os sujeitos verbalizaram conteúdos referentes a três idéias centrais: relacionadas à equipe, a outros serviços e ofereceram sugestões para melhorar o atendimento. Reconhecem a proximidade da unidade como fator positivo, recorrem a atenção primária, por falta ou ausência de serviços especializados, e ainda identificam na recepção a ausência de acolhimento. Os sujeitos não foram questionados sobre outros serviços, contudo observa-se a menção a serviços especializados em saúde mental, com critério de comparação. As proposições refletem a necessidade de expandir as ações em saúde mental na atenção primária; a falta de médicos; a qualidade do atendimento comprometida pela presa e ainda a necessidade de adaptação a horários expendidos ou diferenciados da carga horária do mercado de trabalho. Conclui-se que questões como depressão e comportamento suicida são carregadas de estereótipos representam um trabalho árduo, devido à gravidade e complexidade da patologia e dos dogmas que envolvem o comportamento suicida, contudo evidenciou se que expor a situação traz alivio dos sintomas, favorece a minimização de danos, indica a possibilidade de superação algo que é intrínseco aos pacientes. Cabe a Atenção Primária assistir integralmente os indivíduos e famílias, desenvolvendo ações para as necessidades de ordem psicossocial, com enfoque na prevenção e promoção da saúde mental e de melhor qualidade de vida.
ABSTRACT - The research’s subject is the situation of suicide attempt in which the patient has been through, and also the patient’s evaluation about the primary care services. The main objective of this study was to contextualize the depression and suicidal behavior in patients attending primary care according to their own perceptions. It was used a qualitative research based in primary and secondary data, performed in a period between march and july of 2014. The research was applied in 25 individuals, aged between 18 to 61 years old, attended in the Primary Care of Campo Grande - MS, in units localized in East, West,North and South Districts. The techniques used to the acquisiton of the patient’s speech were semi-structured interviews. The obtained data was analised using the method of the Collective Subject Speech (DSC). Regarding the theoretical foundation, we used the theory of social representations that allows the comprehension of the collective, acting as an indicator of reality. The data analysis of the patients with depression and suicidal behavior brought the indicative of subjects reffered to three principal ideas: family history (of the pathology) personal precedentes and spiritual matters. Refferring to the family history, it is shown that the suicidal behavior is related with the consanguinity due to marriage between cousins and hereditary factors originated from their parents. About the personal precendents, although there was no question regarding trauma or violence the patients highlighted a history of sexual abuse and all mentioned aspects related to their own lives, emphasing Family conflicts. And so, the spiritual matters appears when third parties indicate them as a cause or motivation to the suicidal behavior, and this beliefs are sometimes accepted by the patients. Regarding the perception of the services offered in primary care, the subjects expressed matters refferring three main ideas: Related to the team, to other services and presented suggestions to improve the attendance. They recognize the proximity of the units a positive fator, due to the use of the primary care, for lack ou absence of specialized services, and also complain about the absence of welcoming in the reception. The subjects weren’t questioned about other services, however is highlighted the mention of services specialized in mental health, as a criterion of comparation. The propositions reflect the need of expanding actions of mental health in primary care; the lack of doctors; the quality of attendance harmed by haste and the necessity of adaptation to schedules different from the common workload. It is concluded that matters such as depression and suicidal behavior are loaded with stereotypes and represent a harsh work, due to the complexity and gravity of the pathology, and the dogmas envolving the suicidal behavior, yet it was shown that the exposure of the situation brings relief of the symptoms, favors the minimization of damages, and highlights the possibility of superation, something intrinsinc to the patients. It is a duty of the Primary Care to full-time assist the patients and their families, developing actions to the necessities of mental orders, emphasizing prevention and promotion of mental health and a growth in the life quality of the population.
Palavras-chave: Depressão
Atenção Primária à Saúde
Tentativa de Suicídio
Depression
Primary Health Care
Suicide, Attempted
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2726
Data do documento: 2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde da Família

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lucimara da Silva Magalhães.pdf815,25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.