Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2676
Tipo: Dissertação
Título: Qualidade de vida no trabalho de servidores públicos técnico-administrativos das pró-reitorias de uma instituição de ensino superior
Autor(es): Mansano, Wellington Matias Salomoni
Abstract: A Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) é uma medida subjetiva que influencia tanto na vida particular quanto na profissional do indivíduo. Para se conhecer a percepção dos servidores técnico-administrativos lotados nas Pró-Reitorias da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) foram aplicados dois questionários, o WHOQOL-bref – que avalia a Qualidade de Vida (QV) – e o TQWL-42 – que avalia a QVT. A amostra correspondeu a 254 indivíduos que representam 67% da população estudada. A média da QV encontrada foi de 68,75 (Desvio Padrão (DP) 11,53), sendo classificada como satisfatória com tendência neutra, sendo o domínio Psicológico o que apresentou maior média (71,9; DP 13,79) e o Ambiente o de menor média (63,45; DP 12,27). As facetas que se destacaram foram Mobilidade (86,07; DP 16,85) como a maior média e Recursos Financeiros (48,22; DP 20,46) como a menor. Quando comparadas as Pró-Reitorias, não houve diferença significativa. Em relação à QVT, a média obtida foi 62,97 (DP 9,95), classificada também como satisfatória com tendência neutra. A esfera Psicológica e Comportamental obteve a maior média (68,46; DP 11,71) e a Econômica e Política a menor (58,15; DP 12,03). Destacaram-se as facetas Segurança de Emprego (81,05; DP 12,85) como a de maior média e Recursos Financeiros (47,0; DP 20,53) como a de menor. Ao comparar as Unidades, a Proplan e a Proinfra apresentaram médias menores que as demais nas facetas Desenvolvimento Pessoal e Profissional e Liberdade de Expressão. A Proplan obteve médias menores em mais facetas que as demais Pró-Reitorias tanto em relação à QV quanto à QVT. Quando comparadas, houve forte correlação entre as médias de QV e QVT. Foram sugeridas diretrizes e ações para a implementação de um Programa de Qualidade de Vida no Trabalho na instituição, para que tanto a QVT do servidor quando a produtividade da organização sejam melhoradas, influenciando assim também sua percepção da QV.
ABSTRACT - Quality of Work Life (QWL) is a subjective measure that exert influence on individual`s both private and professional life. To measure the perception of federal employees in administrative work of Dean’s Offices at Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) two questionnaires were applied, the WHOQOL-BREF - which evaluates Quality of Life (QOL) - and TQWL- 42 - evaluating QWL. The sample consisted of 254 individuals representing 67% of the study population. Mean QOL found was 68.75 (SD 11.53), being classified as satisfactory with neutral trend, with the Psychological domain presented the highest average (71.9, SD 13.79) and the lowest of the Environment average (63.45, SD 12.27). The facets that stood out were Mobility (86.07, SD 16.85) for the highest average and Financial Resources (48.22, SD 20.46) as the smallest. When comparing the Dean’s Offices, there was no significant difference. Regarding QWL, the average was 62.97 (SD 9.95), also classified as satisfactory with neutral trend. The Psychological and Behavioral sphere had the highest average (68.46, SD 11.71) and the Economic and Politic had the lowest (58.15, SD 12.03). Stood out the Employment Security facet (81.05, SD 12.85) as the highest average and Financial Resources (47.0, SD 20.53) as the lowest. By comparing the Units, Proplan and Proinfra had lower averages in Personal and Professional Development and Freedom of Expression than the other Units. Proplan had lower averages in more facets than other Units both in relation to QOL and QWL. When compared, there was a strong correlation between QOL’s and QWL’s means. Guidelines and actions for the implementation of a Quality of Work Life Program at the institution have been suggested so that both federal employees’ QWL and the organization productivity are improved, also influencing their perception of QOL.
Palavras-chave: Qualidade de Vida no Trabalho
Instituições Acadêmicas
Setor Público
Universidades e Faculdades Públicas
Ensino Superior
Quality of Work Life
Schools
Public Sector
Public Universities and Colleges
Education, Higher
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2676
Data do documento: 2015
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Administração Pública em Rede Nacional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Wellington Matias Salomoni Mansano.pdf5,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.