Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2588
Tipo: Dissertação
Título: Quintais como espaços para conservação no chaco
Autor(es): Moura, Simone de Souza
Abstract: O Chaco brasileiro ocupa uma pequena área ao sul do Pantanal e tem espécies que não ocorrem em outras regiões do país, mas ainda é pouco estudado. A presente pesquisa teve como objetivo avaliar a importância dos quintais para a conservação de espécies de plantas do Chaco. Para essa avaliação foram realizados estudos florísticos e fitossociológicos associados a um estudo etnobotânico. Com base num mapa da área urbana do município, foram selecionados aleatoriamente 50 quintais da área urbana do município onde foram coletadas, identificadas e fotografadas todas as plantas encontradas no período de Dezembro 2013 a Abril de 2015, incluindo todos os hábitos de crescimento. Foram amostrados todos os indivíduos arbóreos com perímetro a altura do peito igual ou maior que 10 cm em 50 quintais. Foram estimadas a densidade, frequência, dominância e o valor de importância. Foram feitas entrevistas semiestruturadas a um morador em cada residência associada aos quintais selecionados. As plantas coletadas para o estudo florístico e as citadas nas entrevistas para o estudo etnobotânico foram identificadas e incorporadas ao Herbário da Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (CGMS). Para o estudo florístico foram coletados 1.111 indivíduos, distribuídas em 196 espécies, 159 gêneros pertencentes a 66 famílias botânicas. As famílias que apresentaram maior riqueza de espécies foram: Fabaceae e Rutaceae (13 cada), Lamiaceae (12), Euphorbiaceae (9), Araceae (8), Apocynaceae, Asteraceae e Poaceae (7 cada) e Solanaceae (6). Os quintais de Porto Murtinho possuem 93 espécies nativas com ocorrência no estado de Mato Grosso do Sul. Dentre essas 20 espécies, ocorrem no Chaco. A riqueza de plantas lenhosas foi de 69 espécies, das quais 16 são nativas. A densidade encontrada foi de 528 indivíduos. Os entrevistados citaram usos para 188 espécies distribuídas em 152 gêneros pertencentes a 64 famílias. Os informantes citaram 8 categorias de uso: ornamental, medicinal, alimentícia, sombra, mística, artesanato, pesca, construção. A categoria ornamental foi a mais representativa em número de espécies. As plantas com maior valor de uso pelos entrevistados foram: Citrus paradisi (0,80), Plectrantus barbatus (0,56), Psidium guajava (0,50), Mangifera indica (0,46), Malpighia emarginata (0,36), Pluchea sagittalis (0,34), Chenopodium ambrosoides (0,32), Copernicia alba (0,26), indicando que as plantas mais utilizadas pelos moradores estão associados ao uso alimentício e medicinal. A área estudada possui uma alta riqueza de espécies exóticas e nativas, inclusive arbóreas, e grande diversidade florística, possuindo 47,4% de espécies nativas que ocorrem no Estado de Mato Grosso do Sul, podendo assim ser considerado importante para a conservação dessas espécies.
ABSTRACT - The Brazilian Chaco occupies a small area south of the Pantanal and has species that do not occur elsewhere in the country, but has been little studied. Backyards of the urban area of Porto Murtinho- MS maintained several native species of Chaco associated with other introduced, offering a good opportunity for studies of popular knowledge about the uses of species. This research aimed to evaluate the importance of gardens for the conservation of species of plants from Chaco, estimate the diversity and value of use of plants known by the locals. For this evaluation studies were condcucted on the floristic composition of the gardens associated with an ethnobotanical study. Based on a map of the urban area of the municipality, we randomly selected 50 yards. In these areas we collected, identified and photographed all plants found. We sampled all trees with circumference at breast height equal or greater than 10 cm in 48 yards. We estimated the density, frequency, dominance and importance value. Semi-structured interviews were made to residents of backyards in the urban area of the municipality. The plants mentioned in the interviews were collected and identified for subsequent incorporation into the Herbarium of the Federal University of Mato Grosso do Sul (CGMS). We collected 1,111 individuals, distributed in 196 species, 159 genera from 66 plant families. The families with the highest species richness were: Fabaceae and Rutaceae (13 each), Lamiaceae (12), Euphorbiaceae (9), Araceae (8), Apocynaceae, Asteraceae and Poaceae (7 each) and Solanaceae (6). The Porto Murtinho backyards have 93 native species occurring in the state of Mato Grosso do Sul. Among these 20 species, occur in the Chaco. The richness of woody plants was 69 species, of which 16 are native. The density was found of 528 individuals. Respondents cited uses for 188 species in 152 genera belonging to 64 families. Informants cited 08 categories of use: ornamental, medicinal, food, shade, mystical, crafts, fishing, construction. The ornamental category was the most representative number of species. Plants with higher use value by respondents were: Citrus paradisi (0.80), Plectrantus barbatus (0.56), Psidium guajava (0.50), Mangifera indica (0.46), Malpighia emarginata (0.36), Pluchea sagittalis (0.34), Chenopodium ambrosoides (0.32), Copernicia alba (0.26), indicating that the plants most used by residents are associated with the food and medicinal use. The study area has a high proportion of exotic and native species, including tree, and great floristic diversity, owning 47.4% of native species occurring in the state of Mato Grosso do Sul and can therefore be considered important for the conservation of these species.
Palavras-chave: Flores
Flowers
Vegetação - classificação
Vegetation - classification
Etnobotânicos
Ethnobotanists
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2588
Data do documento: 2016
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SIMONE DE SOUZA MOURA.pdf1,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.