Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2578
Tipo: Dissertação
Título: Composição Florística e Síndromes de Dispersão no Morro Coração de Mãe, em Piraputanga, MS, Brasil
Autor(es): Ramos, Wellington Matsumoto
Abstract: A região de Piraputanga está situada no município de Aquidauana, MS (20º45’00”S e 55º48’33”W). O presente trabalho teve como objetivo realizar o levantamento florístico do estrato arbóreo e arbustivo das áreas de morros (cerrado) e vales (Mata de Galeria), realizar uma análise comparativa de suas relações florísticas com outras florestas em diferentes regiões do Brasil e investigar a síndrome de dispersão das espécies de acordo com a morfologia de seus frutos. Foram coletadas 144 espécies distribuídas em 104 gêneros e 45 famílias em coletas mensais entre período de outubro de 2007 à setembro de 2008. As famílias mais representativas foram Fabaceae (28), Malvaceae (09), Rubiaceae (07) e Annonaceae, Bignoniaceae, Euphorbiaceae, Piperaceae e Meliaceae (06) totalizando 51% do total de espécies amostradas. Na Mata de Galeria foram registradas 98 espécies com destaque para Fabaceae (15), Rubiaceae (6), Piperaceae (6), Malvaceae (5) Euphorbiaceae (4) e Salicaceae (4) compondo 41% do total de espécies. No cerrado foram registradas 103 espécies sendo Fabaceae (24), Malvaceae (9), Bignoniaceae (6) e Euphorbiaceae (5), Annonaceae (5), Malphighiaceae (5) e Melastomataceae (5) as famílias mais representativas, compondo 54% do total de espécies. Para as síndromes de dispersão verificou-se predominância da zoocoria (57,3%) seguida por autocoria (22%) e anemocoria (20,7%), para os estratos arbóreos e arbustivos. Foi realizada uma análise de similaridade com 16 outras áreas no Brasil e foi verificada uma grande influencia das Matas Estacionais Semideciduais sobre a Mata de Galeria em questão.
ABSTRACT - The Piraputanga area is located within the Aquidauana municipal district, MS (20º45’00”S and 55º48’33”W). The current study had as its goal to produce a floristic survey of the area’s hills and valleys shrubby and woody strata, analyze and compare their floristic relations to other Brazilian forests, and investigate their dispersal syndromes according to the fruits morphology. The study area was visited monthly between October 2007 and September 2008, and the resulting collection comprises 144 species, distributed in 104 genera and 45 botanical families. The most representative families were Fabaceae (28 species), Malvaceae (9), Rubiaceae (7) e Annonaceae, Bignoniaceae, Euphorbiaceae, Piperaceae e Meliaceae (all 6 species), comprising 51% of all species. The most representative families in the Gallery Forest were Fabaceae (15), Rubiaceae (6), Piperaceae (6), Malvaceae (5) Euphorbiaceae (4) e Salicaceae (4), comprising 41% of all gallery forest species; in the Cerrado part, the most representative families were Fabaceae (24), Malvaceae (9), Bignoniaceae (6) e Euphorbiaceae (5), Annonaceae (5), Malphighiaceae (5) e Melastomataceae (5), comprising 54% of all Cerado species. Regarding dispersal syndromes, zoocory was predominant (57,3%), followed by autocory (22%) and anemocory (20,7%), in both shrubby and woody strata. A similarity analysis was made comparing the study area to other 16 Brazilian areas showed a greater influence of Semidecidual Forest Remnants and Gallery Forest of Mato Grosso do Sul.
Palavras-chave: Cerrados
Matas Ripárias
Riparian Forests
Flores
Flowers
Pólen - dispersão
Pollen - dispersal
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2578
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
WELLINGTON MATSUMOTO RAMOS.pdf114,03 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.