Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2557
Tipo: Dissertação
Título: Aspectos da biologia e fenologia de oryza latifolia desv. (poaceae) no Pantanal sul-mato-grossense
Autor(es): Bertazzoni, Esther Campagna
Abstract: (Aspectos da Biologia e Fenologia de Oryza latifolia Desv. (Poaceae) no Pantanal sulmato- grossense) Além do arroz cultivado, existem espécies silvestres espalhadas mundialmente, quatro das quais ocorrem na América e três já foram citadas para o Pantanal. Oryza latifolia, uma espécie silvestre de arroz, gramínea emergente, tolerante à inundação, tem ocorrência nos campos inundáveis do Pantanal, principalmente na sub-região do Paraguai. O objetivo deste trabalho foi descrever aspectos da biologia e fenologia de O. latifolia em duas áreas (Serra do Amolar e Bracinho) ao longo do rio Paraguai, Corumbá/MS. Cinco manchas de arroz foram observadas em cada área. Um quadro (1m x 1m) era lançado em 20 repetições mensalmente em cada mancha, para estimar a porcentagem de cobertura, floração, frutificação e inflorescência seca e também foi medida a profundidade das manchas de dez/2006-nov/2007. As fases do ciclo reprodutivo foram estimadas em relação ao tamanho total das respectivas manchas. Durante o processo reprodutivo, suas fenofases foram observadas também a cada três dias. A porcentagem de cobertura estava relacionada com nível de água e comprimento do dia atingindo até 80%, no período da cheia, e o estabelecimento de plântulas ocorreu no período da seca apenas nas bordas das manchas. A fase reprodutiva da espécie foi curta e teve início após o pico da cheia. Esse período é condicionado por um conjunto de variáveis ambientais mostradas em análises de regressão. A dispersão das sementes ocorreu no início da vazante por barocoria e suas sementes permaneceram viáveis na água por cinco meses até o período da seca. A dominância da espécie em relação às manchas de arroz é favorecida pelo seu modo de propagação, tolerância à inundação, potencial valor forrageiro, importante banco de germoplasma nativo e importância econômica com grande potencial de utilização pela comunidade local e que pode agregar valores ao seu produto.
ABSTRACT - Oryza latifolia, a wild species of rice, aquatic emergent, tolerant to flood, occurs on floodplains of the Pantanal wetland, mainly in the Paraguay River sub-region. The objective of this study was to describe aspects of the biology and phenology of O. latifolia in two areas (Serra do Amolar and Bracinho), along the Paraguay river, in the township of Corumbá (Mato Grosso do Sul). Five plots of wild rice were observaded in each area. A quadrat (1m x 1m) was thrown with 20 replicates monthly in each plot, and percentage cover was estimated, flowering, fruiting and dry inflorescence were followed, and water depth was monitored, in December/2006-November/2007. Percentage of cover is related to water level and day length in the plots reaching até 80% at flood time, for both areas and the recruitment of seedlings occurs during the dry season only on the edges. The reproductive phase of the species is shortand starts after the peak of flood. This period is condicioned by a set of environmental variables shown through regression analysis. Dispersion occurs through anemochory, at the onset of water receding, and its seeds stay viable for five months up to the dry period.
Palavras-chave: Arroz
Rice
Pantanal - Brasil
Corumbá (MS)
Arroz - cultivo
Rice Plantations
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/2557
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Biologia Vegetal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ESTHER CAMPAGNA BERTAZZONI.pdf902,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.