Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/209
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Lisina digestível para suínos machos não castrados de alto potencial genético em fase de crescimento
Título(s) alternativo(s): Digestible lysine for pigs not castrated of high genetic potential in growth phase
Autor(es): Kiefer, Charles
Donzele, Juarez Lopes
Oliveira, Rita Flávia Miranda de
Abstract: Este estudo foi realizado com o objetivo de determinar a exigência de lisina digestível para suínos machos não castrados de alto potencial genético em fase de crescimento. Foram utilizados 320 machos não castrados e 80 castrados, com peso inicial de 27,75±1,61kg, distribuídos em delineamento experimental em blocos ao acaso composto por cinco tratamentos (0,90; 1,00; 1,10 e 1,20% de lisina digestível para não castrados e 1,10% de lisina digestível para castrados), oito repetições, com 10 animais cada. O aumento da concentração de lisina na dieta aumentou de forma linear (P<0,05) o peso final, consumo de lisina diário, ganho em peso diário e consumo de lisina por quilograma de ganho em peso e reduziu a conversão alimentar dos machos não castrados. Os tratamentos não influenciaram (P>0,05) o consumo de ração diário dos machos não castrados. Suínos castrados apresentaram maior (P<0,05) consumo diário de ração e pior (P<0,05) conversão alimentar em relação aos não castrados alimentados com as dietas contendo 1,00; 1,10 e 1,20% de lisina. Machos castrados apresentaram consumo de lisina diário superior (P<0,05) aos não castrados alimentados com a dieta contendo 0,90; 1,00 e 1,10% de lisina. Suínos castrados apresentaram menor (P<0,05) ganho de peso diário e peso final em relação aos não castrados consumindo a dieta contendo 1,20% de lisina. Foi observado maior (P<0,05) consumo de lisina por quilograma de ganho em peso dos machos castrados em relação aos não castrados. Recomenda-se o mínimo de 1,20% de lisina digestível na dieta de suínos machos não castrados de alto potencial genético em fase de crescimento.
ABSTRACT - This study was conducted to determine the digestible lysine requirement for non castrated pigs of high genetic potential in growth phase. It was used 320 not castrated and 80 castrated males, with initial weight of 27.75±1.61kg, distributed in a randomized block design consisting of five treatments (0.90, 1.00, 1.10 and 1.20% digestible lysine for not castrated and 1.10% digestible lysine for castrated males), eight replicates with ten animals each. The increase of lysine concentration in the diet increased linearly (P<0.05) the final weight, daily lysine intake, daily weight gain and lysine intake per kilogram of weight gain and reduced feed conversion of not castrated males. The treatments did not affected (P>0.05) daily feed intake of not castrated males. Castrated males had higher (P<0.05) daily feed intake and lower (P<0.05) feed conversion compared to not castrated fed diets containing 1.00, 1.10 and 1.20% lysine. Castrated males had higher daily lysine intake (P<0.05) than not castrated fed diets containing 0.90, 1.00 and 1.10% lysine. Castrated pigs had lower (P<0.05) daily gain and final weight in relation to non castrated consuming a diet containing 1.20% lysine. Castrated males had higher (P<0.05) lysine intake per kilogram of weight gain compared with not castrated. It is recommended a minimum of 1.20% lysine in the diet of not castrated male pigs with high genetic potential in growth phase.
Palavras-chave: Aminoácidos
Suínos
Lisina
Ração Animal
Dieta - veterinária
Amino Acids
Swine
Lysine
Animal Feed
Diet - veterinary
Editor: Ciência Rural
Citação: KIEFER, Charles; DONZELE, Juarez Lopes; OLIVEIRA, Rita Flávia Miranda de. Lisina digestível para suínos machos não castrados de alto potencial genético em fase de crescimento. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 40, n. 7, July 2010 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782010000700023&lng=en&nrm=iso>. access on 01 Aug. 2011. doi: 10.1590/S0103-84782010000700023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: 10.1590/S0103-84782010000700023
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/209
Data do documento: 2010
Aparece nas coleções:FAMEZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Lisina digestivel para suinos machos.pdf36,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.