Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1896
Tipo: Tese
Título: Análise dos efeitos agudos do laser de baixa intensidade. (660nm) sobre os níveis de estresse oxidativo de ratos diabéticos com feridas na pele
Título(s) alternativo(s): Acute effects of low-level laser therapy (660 nm) on oxidative stress levels in diabetic rats with skin wounds
Autor(es): Denadai, Amanda Silveira
Abstract: Introdução: O termo estresse oxidativo é utilizado quando se evidencia um desequilíbrio entre os sistemas pró e antioxidantes. A laserterapia influencia parâmetros de estresse oxidativo como a alteração da atividade das enzimas antioxidantes e a produção de espécies reativas de oxigênio (ERO). Objetivo: Analisar o efeito da laserterapia de baixa intensidade - LLLT sobre o estresse oxidativo provocado por ferida cirúrgica aguda em ratos diabéticos. Materiais e métodos: o experimento foi composto por 36 animais, divididos em quatro grupos com nove animais cada. Grupo NDNI não-diabéticos, com ferida cutânea e sem laserterapia, Grupo NDI animais não-diabéticos, com ferida cutânea e com laserterapia, Grupo DNI diabéticos, com ferida cutânea e sem laserterapia, Grupo DI diabéticos, com ferida cutânea e com laserterapia. Os animais foram sujeitos a indução de feridas, e em seguida, tratados com LLLT (660 nm, 100 mW densidade de 6 J/cm2 de energia, o tamanho do ponto é 0.028cm2 ambos os grupos). No dia da eutanásia, o tecido da ferida cutânea foi recolhido e imediatamente congelados para depois serem centrifugados depois, para análise de determinação dos níveis de malondialdeído-MDA. Resultados: Foi observada diferença significativa entre os grupos de níveis de MDA (ANOVA, p = 0,0001). O teste pós-hoc de Tukey mostrou valores significativamente mais baixos de MDA nos tecidos irradiados, tanto em animais diabéticos como nos não-diabéticos. A análise de variância do grupo diabético, mostrou diferença significativa (p <0,01), quando comparados todos os grupos, exceto para a comparação de NDI e DI. Conclusão: Concluímos que a LLLT foi eficaz na diminuição dos níveis de MDA em ferida cirúrgica aguda em ratos diabéticos.
Introdução: O termo estresse oxidativo é utilizado quando se evidencia um desequilíbrio entre os sistemas pró e antioxidantes. A laserterapia influencia parâmetros de estresse oxidativo como a alteração da atividade das enzimas antioxidantes e a produção de espécies reativas de oxigênio (ERO). Objetivo: Analisar o efeito da laserterapia de baixa intensidade - LLLT sobre o estresse oxidativo provocado por ferida cirúrgica aguda em ratos diabéticos. Materiais e métodos: o experimento foi composto por 36 animais, divididos em quatro grupos com nove animais cada. Grupo NDNI não-diabéticos, com ferida cutânea e sem laserterapia, Grupo NDI animais não-diabéticos, com ferida cutânea e com laserterapia, Grupo DNI diabéticos, com ferida cutânea e sem laserterapia, Grupo DI diabéticos, com ferida cutânea e com laserterapia. Os animais foram sujeitos a indução de feridas, e em seguida, tratados com LLLT (660 nm, 100 mW densidade de 6 J/cm2 de energia, o tamanho do ponto é 0.028cm2 ambos os grupos). No dia da eutanásia, o tecido da ferida cutânea foi recolhido e imediatamente congelados para depois serem centrifugados depois, para análise de determinação dos níveis de malondialdeído-MDA. Resultados: Foi observada diferença significativa entre os grupos de níveis de MDA (ANOVA, p = 0,0001). O teste pós-hoc de Tukey mostrou valores significativamente mais baixos de MDA nos tecidos irradiados, tanto em animais diabéticos como nos não-diabéticos. A análise de variância do grupo diabético, mostrou diferença significativa (p <0,01), quando comparados todos os grupos, exceto para a comparação de NDI e DI. Conclusão: Concluímos que a LLLT foi eficaz na diminuição dos níveis de MDA em ferida cirúrgica aguda em ratos diabéticos.
Palavras-chave: Estresse Oxidativo
Oxidative Stress
Terapia a Laser de Baixa Intensidade
Laser Therapy, Low-Level
Diabetes Mellitus - fisiopatologia
Diabetes Mellitus - physiopathology
Peroxidação de Lipídeos
Lipid Peroxidation
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1896
Data do documento: 2013
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Amanda.pdf596,33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.