Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1851
Tipo: Tese
Título: Representações sociais de profissionais e usuários da estratégia de saúde da família sobre dengue na microrregião de Dourados/MS
Autor(es): Reis, Cássia Barbosa
Abstract: Historicamente as políticas de saúde e as ações de combate ao dengue são pautadas no controle vetorial, com atividades de campo, relegando a segundo plano as atividades de educação em saúde. Conhecer as representações sociais de profissionais e usuários de unidades de saúde da família sobre a ocorrência do dengue é o objetivo desta pesquisa de forma a contribuir para a melhoria da comunicação entre profissionais de saúde e população, visando o controle da doença. Foi realizado estudo qualitativo, utilizando-se entrevista semiestruturada, com profissionais e usuários da estratégia de saúde da família de seis municípios selecionados, sendo os dados tabulados pela técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Os resultados mostraram sete discursos referentes a aspectos sobre as causas da ocorrência de dengue. Os profissionais atribuem à população parte importante da responsabilidade pela ocorrência do dengue, mas também observam a falta de estrutura e organização dos serviços para atender melhor, bem como percebem dificuldades para que ocorra a mudança dos comportamentos observados com os recursos que eles tem disponíveis. Os usuários também atribuem a população grande parte da responsabilidade pela ocorrência do dengue, principalmente no que diz respeito ao lixo acumulado nos quintais e terrenos baldios. Todas as categorias entrevistadas relataram que o descrédito da população em relação a ocorrência e a gravidade do dengue também colaboram para a manutenção da endemia. As campanhas de educação e controle do dengue foram avaliadas como boas, mas sem continuidade e que necessitam mostrar as consequências da doença para impactar mais na população. Três discursos mostraram as consequências do dengue: evidencias de falta de estrutura dos serviços, a transferência de responsabilidade para os profissionais de saúde e a mudança de comportamento quando afetado pelo dengue. Como sugestões evidenciou-se a necessidade de fiscalização e punição, necessidade de investimentos na educação de crianças e adolescentes, acesso a informações atualizadas e ação interdisciplinar e inter setorial. Os agentes comunitários de saúde apresentaram ainda representações sobre sentimentos relativos a sua atividade no combate ao dengue e dificuldades para cobrar condutas da população. Conclui-se que as representações sociais do dengue entre os grupos pesquisados são muito próximas, apresentando similaridades em muitas ideias centrais. O nível de conhecimento da população sobre a doença é bastante significativo, mas não se reflete no comportamento preventivo, sendo a comunicação entre profissionais e usuários baseada no repasse de informações sobre prevenção e tratamento. Assim, entende-se necessário melhorias na qualidade dos serviços de saúde em todos os níveis de atenção, bem como implementar ações especificas com o objetivo de mudar condutas e mantê-las a longo prazo.
ABSTRACT - Historically the health policies and actions to fight dengue are based on vector control, with field activities, pushed into the background activities of health education. Understand the social representations of professionals and users of health of the family the occurrence of dengue is the goal of this research to contribute to improved communication between health professionals and citizens, aiming to control the disease. Qualitative study was conducted with professionals and users of the health strategy of the family of six selected cities, with data tabulated by the technique of the Collective Subject Discourse. The results showed seven speeches on aspects relating to the causes of the occurrence of dengue. Fishermen are important to the population share of responsibility for the incidence of dengue, but also note the lack of structure and organization of services to better meet and understand the difficulties occurring changes in behavior observed with the resources they have available. Users also give the public much of the responsibility for the occurrence of dengue, especially with regard to the accumulated garbage in backyards and vacant lots. All categories surveyed reported that the discrediting of the population for the occurrence and severity of dengue also collaborate to the maintenance of the disease. Education campaigns and control of dengue were evaluated as good, but no continuity and they need to show the consequences of the disease to impact more on the population. Three speeches showed the consequences of dengue fever: evidence of lack of infrastructure services, the transfer of responsibility for healthcare professionals and behavior change when affected by dengue. Suggestions were made as the need for supervision and punishment, the need to invest in the education of children and adolescents, access to updated information and interdisciplinary and intersectional. The community health workers have also submitted representations on feelings related to their activity in combating dengue fever and difficulty to collect conduct of the population. We conclude that the social representations of dengue between both groups are very similar, showing similarities in many central ideas. The level of popular understanding of the disease is fairly significant, but not reflected in preventive behavior, and communication between professionals and users based on the transfer of information on prevention and treatment. Thus, it considers it necessary improvements in the quality of health services at all levels of care, as well as implement specific actions aimed at changing behaviors and keep them long term.
Palavras-chave: Dengue
Pessoal de Saúde
Health Personnel
Saúde da Família
Family Health
Comportamento
Behavior
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1851
Data do documento: 2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Doenças Infecciosas e Parasitárias

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CÁSSIA BARBOSA REIS.pdf1,52 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.