Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/183
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Impact of the quality of life of inseminators on the results of artificial insemination programs in beef cattle
Título(s) alternativo(s): Impacto da qualidade de vida dos inseminadores nos resultados de programas de inseminação artificial em bovinos de corte
Autor(es): Russi, Lívia dos Santos
Costa-e-Silva, Eliane Vianna da
Zúccari, Carmem Estefânia Serra Neto
Recalde, Caciliana da Silva
Cardoso, Norly Gomes
Abstract: The objective of the present study was to evaluate the effect of factors of personal life and work conditions on the results obtained by inseminators in conventional and fixed-timed artificial insemination programs in beef cattle. Inseminators from three farms (21 in the total) were interviewed and evaluated according to the general obtained pregnancy rates. The differences among the pregnancy rates obtained in the farms, motivation and its association with the obtained pregnancy rate and the effect of each variable of the groups of needs on the pregnancy rate at first insemination were evaluated. The open questions were grouped by similarity and then analyzed by frequency of the answers. Pregnancy rates obtained by the inseminators ranged from 12 to 57%, with a mean service index of 3.10 ± 1.62 doses/pregnancy. It was also observed that the satisfaction of biological, financial, and training needs was more intimately related to the pregnancy rate than the satisfaction of the other needs, although none had shown an antagonistic relationship with it. Factors concerned to life quality and to the work can be important in determining the performance of these professionals.
Objetivou-se avaliar o efeito de fatores ligados à vida pessoal e ao trabalho sobre os resultados obtidos por inseminadores em programas de inseminação artificial convencional e em tempo fixo em bovinos de corte. Inseminadores de três propriedades rurais (21 no total) foram entrevistados e avaliados quanto à taxa de gestação geral obtida. Foram avaliadas as diferenças entre as taxas de gestação obtidas nas fazendas, a motivação e sua associação com a taxa de gestação obtida e o efeito de cada variável dos grupos de necessidades sobre a taxa de gestação à primeira inseminação. As questões abertas, depois de agrupadas por similaridade, foram analisadas por frequência de respostas. A taxa de gestação obtida pelos inseminadores variou entre 12 e 57%, com índice de serviço de 3,10 ± 1,62 doses/prenhez. A satisfação das necessidades biológicas, financeiras e de treinamento foi mais intimamente relacionada à taxa de gestação que a satisfação das demais necessidades, embora nenhuma delas tenha apresentado relação antagônica com a taxa de gestação. Fatores ligados à qualidade de vida e ao trabalho podem ser importantes na determinação do desempenho dos inseminadores.
Palavras-chave: Bovinos
Inseminação Artificial
Qualidade de Vida
Recursos Humanos
Satisfação no Emprego
Cattle
Insemination, Artificial
Quality of Life
Human Resources
Job Satisfaction
Editor: Revista Brasileira de Zootecnia
Citação: RUSSI, Lívia dos Santos et al . Impact of the quality of life of inseminators on the results of artificial insemination programs in beef cattle. R. Bras. Zootec., Viçosa, v. 39, n. 7, July 2010 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982010000700009&lng=en&nrm=iso>. access on 27 July 2011. doi: 10.1590/S1516-35982010000700009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: 10.1590/S1516-35982010000700009
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/183
Data do documento: 2010
Aparece nas coleções:FAMEZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Impact of the quality of life of inseminators.pdf136,48 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.