Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1691
Tipo: Dissertação
Título: Prevalência de diabetes mellitus em pacientes com diagnóstico hepatite C crônica avaliados no Hospital Universitário da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul no período de 1 ano
Autor(es): Freitas, Ana Carolina Carli de
Abstract: Objetivo: O objetivo desse estudo foi avaliar a prevalência de pacientes diabéticos entre os portadores de hepatite C, atendidos no Hospital Universitário da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Métodos: Um total de 261 prontuários foi avaliado no ambulatório de hepatites virais do Hospital Dia Profª Esterina Corsini (UFMS). Estes pacientes foram divididos em dois grupos: portadores de hepatite C (165) e hepatite B (96). A prevalência de diabetes mellitus foi calculada em ambos os grupos. Variáveis como idade, índice de massa corporal, genótipo viral, biópsia hepática e tipo de resposta ao tratamento foram devidamente estudadas nos doentes com diagnóstico de hepatite C. Resultados: A prevalência de diabetes mellitus foi maior entre os portadores do vírus da hepatite C (HCV) quando comparada com a dos doentes com hepatite B crônica (20% vs 6.4%- p 0,0034). A prevalência de DM foi maior em indivíduos com IMC mais elevado, portadores do genótipo 2 do HCV, fibrose >= 2 na classificação de Metavir e naqueles não respondedores ao tratamento instituído para hepatite C. Conclusão: A alta prevalência de diabetes em pacientes infectados pelo HCV, associada à maior tendência à fibrose hepática avançada e à menor resposta ao tratamento, recomendam que as alterações no metabolismo da glicose sejam precocemente diagnosticadas e rigorosamente tratadas neste grupo de pacientes.
OBJECTIVE: The aim of this study was to evaluate the prevalence of diabetic patients amongst those afflicted by type C hepatitis being attended at the Hospital of the Federal University of the State of Mato Grosso do Sul (UFMS). Methods: A total of 261 subjects were evaluated in the outpatient section for viral hepatitis at the Professor Esterina Corsini day clinic in the University Hospital (UFMS).These patients were divided into two groups: those with Hepatitis C (165) and those with Hepatitis B (96). The prevalence of diabetes Mellitus was calculated in both groups. Information, such as, age, body mass index (BMI), viral genotype, hepatic biopsy and the type of response to the treatment was duly studied in the patients afflicted with the hepatitis C virus. Results The prevalence of diabetes Mellitus was greater among the patients infected with Hepatitis C virus (HCV) when compared to those with chronic hepatitis B (20% vs. 6,4% - p 0,0034). The patients diagnosed with Hepatitis C and diabetes proved to be older (56 – 65 years old), with higher body mass indexes (BMI), showed more prevalence of infection by viral genotype 2, hepatic biopsies denoting a greater degree of fibrosis and lower indices of response to treatment with interferon and Ribavirin. Conclusion: The high prevalence of diabetes in patients infected by HCV, associated with the greater tendency to advanced Hepatic fibrosis and a diminished response to the treatment, suggests that the alterations in the glucose metabolism should be diagnosed earlier and treated rigorously in this group of patients.
Palavras-chave: Hepatite C - epidemiologia
Hepatitis C - epidemiology
Diabetes Mellitus - epidemiologia
Diabetes Mellitus - epidemiology
Fígado - patologia
Liver - pathology
Vírus da Hepatite
Hepatitis Viruses
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1691
Data do documento: 2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ana Carolina Carli de Freitas.pdf1,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.