Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1688
Tipo: Tese
Título: Violência entre adolescentes por armas de fogo e armas brancas - morbimortalidade,necessidades básicas e assistência hospitalar
Autor(es): Silva, Ana Paula de Assis Sales da
Abstract: O presente estudo teve como objetivo estudar a morbimortalidade por ferimentos com armas de fogo e armas brancas em adolescentes de 10 a 19 anos no município de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 2009 a 2010. O estudo integrou metodologias diferentes ao objeto investigado: em um primeiro momento foi realizado um estudo transversal com dados secundários que analisou aspectos sociodemográficos e clínicos e custos hospitalares de adolescentes internados nos serviços de emergência credenciados pelo SUS no município. Posteriormente realizou-se uma análise epidemiológica da mortalidade de adolescentes masculinos de 15 a 19 anos, considerando as regiões urbanas do município e o índice de qualidade de vida urbano (IQVU). No terceiro estudo desenvolveu-se uma abordagem qualitativa da trajetória de vida de uma adolescente vitimada por agressão por arma branca, em que se utilizaram a Teoria das Necessidades Humanas Básicas, de Horta (1979), e os Determinantes Sociais da Saúde para compreender aspectos que contribuíram para a vitimização e que influenciam as perspectivas de vida e saúde pós-vitimização. Por fim, elencaram-se os Diagnósticos de Enfermagem descritos pela North American Nursing Diagnosis Association (NANDA) por meio de um estudo descritivo de análise documental, em que aspectos das anotações de enfermagem, evolução clínica e condições de alta foram considerados como elementos de investigação. Destacou-se a ocorrência de 35 óbitos em adolescentes masculinos tendo armas de fogo como objeto de perpetração, com associação positiva entre localização do óbito e piores indicadores de educação, renda e moradia. Quanto às internações, prevaleceram adolescentes masculinos, com permanência superior à de adolescentes femininas e com lesões mais graves. As mulheres foram mais vitimadas por armas brancas, com lesões localizadas na face e em membros superiores. Verificaram-se necessidades humanas básicas no âmbito econômico, social e afetivo, que colaboraram para o agravo sofrido e apontam para uma trajetória de vida de fragilização. Foram levantados 17 diagnósticos de enfermagem, sendo prioritários os que diziam respeito às condições biológicas, devido ao comprometimento clínico dos adolescentes internados e vitimados por armas de fogo e armas brancas. Este estudo permitiu verificar que a violência e seus desdobramentos ainda são vistos pela sociedade de forma neutra, como se os óbitos e lesões decorrentes não fizessem parte de seu contexto de vida. Esse fato deve-se à falta de integração político-social e conhecimento, pela sociedade civil, da magnitude do problema, que afeta sobremaneira a pirâmide etária, a economia, a qualidade e recursos de saúde e a forma de acesso à saúde, já que para o grupo etário atingido a porta de entrada ao sistema de saúde, que usualmente seria a atenção primária, passou a ser constituída pelos serviços de alta complexidade e centros de reabilitação.
The purpose of this study was to investigate the rates of morbidity and mortality from injuries caused by firearms and sharp objects among adolescents aged 10 to 19 years in Campo Grande county, Mato Grosso do Sul state, Brazil, in the period of 2009-2010. Different methodologies were applied to the object investigated. As a first step, a cross-sectional study was conducted with secondary data to analyze sociodemographic and clinical aspects and costs incurred by hospitalizing adolescent patients in emergency services accredited by the Brazilian Unified Health Care System (SUS) in Campo Grande. This was followed by an epidemiological analysis of mortality among male adolescents aged 15-19, taking into account the county’s urban areas and the index of urban life quality (IULQ). The third part of the investigation, which involved a qualitative approach to analyzing the life trajectory of a female adolescent assaulted with a sharp object, drew on Horta’s Theory of Basic Human Needs (1979) and on Social Determinants of Health in order to elucidate aspects contributing to victimization and influencing post-victimization prospects of life and health. Finally, Nursing Diagnoses described by the North American Nursing Diagnosis Association (NANDA) were identified through desk research conducted under a descriptive approach, in which nursing records, clinical evolution, and discharge conditions were the elements of investigation. A total of 35 male adolescents died as a consequence of assault by firearm, with a positive association between geographic location of death and worse indicators of education, income, and housing. Most hospitalized victims were male, who had longer hospital stays and more severe injuries than females. The rate of assault with sharp objects was higher among females, with injuries on the face and upper limbs. Basic human needs identified in the economic, social, and affective settings contributed to the event, implying a life trajectory marked by vulnerability. Seventeen nursing diagnoses were identified, with priority assigned to those related to biological conditions, given the clinical impairment of the hospitalized victims. This study revealed that violence and its consequences are still viewed neutrally by society, as if the ensuing deaths and injuries were not part of its life context. This view has roots in a lack of political and social integration, as well as in poor acknowledgment by civil society of the magnitude of this problem, which has a profound impact on the economy, age pyramid, quality of health resources, and access to healthcare services, since victims in this age group do not currently gain access to these services through primary care facilities, but by way of high complexity services and rehabilitation centers.
Palavras-chave: Saúde do Adolescente
Adolescent Health
Causas Externas
External Causes
Enfermagem
Nursing
Epidemiologia
Epidemiology
Violência
Violence
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1688
Data do documento: 2012
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ana Paula de Assis Sales da Silva.pdf1,4 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.