Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1604
Tipo: Tese
Título: Atuação do Agente Comunitário de Saúde na Estratégia Saúde da Família e no Programa de Controle da Dengue: experiências de dois municípios brasileiros de pequeno porte
Autor(es): Cazola, Luiza Helena de Oliveira
Primeiro orientador: Tamaki, Edson Mamoru
Abstract: Esse estudo teve por objetivo analisar a atuação do trabalho dos agentes comunitários de saúde em dois municípios sul-mato-grossenses com características populacionais, socioeconômicas e grau de implantação da Estratégia Saúde da Família (ESF) semelhantes. São Gabriel do Oeste extinguiu a figura do Agente de Controle de Endemias e o Agente Comunitário de Saúde passou a acumular tanto as atividades do Programa Nacional de Controle da Dengue (PNCD) como as da ESF. Rio Verde de Mato Grosso mantém a presença dos dois agentes. Os dados primários foram coletados por meio de entrevistas estruturadas com 30 ACS de São Gabriel do Oeste e 27 ACS de Rio Verde de Mato Grosso e com a técnica do grupo focal junto às populações, utilizando-se para análise de seus resultados a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Para coleta dos dados secundários, utilizou-se o banco de dados do Sistema de Informações da Febre Amarela e Dengue e o Sistema de Informação da Atenção Básica, cujos indicadores foram analisados no período de 2002 a 2008. Os resultados demonstraram que a população declarou-se mais satisfeita com o trabalho dos ACS de São Gabriel do Oeste, apesar do acúmulo dos programas ter gerado uma maior sobrecarga de trabalho. Essa sobrecarga também foi referida pelos ACS, embora estes considerassem que as atividades de controle da dengue já estivessem incorporadas à sua rotina de trabalho. A acumulação dos dois programas não influiu, segundo a percepção dos ACS de São Gabriel, em sua produtividade, apesar do índice de pendência ter se apresentado elevado em quase todo o período analisado. No entanto, essa situação pode estar se invertendo, pois no último ano estudado, São Gabriel do Oeste já apresentou melhor índice de pendência que Rio Verde de Mato Grosso. A partir dos resultados obtidos nesse estudo é possível concluir que a proposta de atuação dos ACS de São Gabriel do Oeste mostrou-se viável, capaz de produzir benefícios para a atenção básica do município com a integração das ações de atenção primária em um único agente. No entanto, também foi possível constatar a necessidade de se efetuar ajustes para evitar os prejuízos decorrentes da sobrecarga de trabalho advinda da incorporação das atividades do PNCD nas atividades dos ACS.
This study aimed to analyze the performance of the work of of Community Health Agents (CHAs) in two counties of Mato Grosso do Sul state, Brazil. These counties—São Gabriel do Oeste and Rio Verde de Mato Grosso—have similar demographic and socioeconomic profiles and similar degrees of implementation of the Family Healthcare Strategy (FHS). In São Gabriel do Oeste, Endemic Disease Control Agents (EDCAs), previously responsible for the Brazilian Dengue Control Program (PNCD), were abolished and CHAs now accumulate these activities in addition to their originally assigned FHS tasks, whereas both agents continue to coexist in Rio Verde de Mato Grosso, with separate functions. Primary data were collected from CHAs (30 in São Gabriel do Oeste and 27 in Rio Verde of Mato Grosso) using structured interviews and from the counties’ populations using the focal group technique. The Collective Subject Discourse approach was employed for analysis of the results. Secondary data were obtained from the Information System for Yellow Fever and Dengue and the Information System for Primary Healthcare. The study covered the period from 2002 to 2008. The population of São Gabriel do Oeste reported greater satisfaction with the work of CHAs, despite the accumulation of functions from both programs and the consequent increase in workload. This overload was also mentioned by CHAs, although they viewed dengue control activities as already incorporated into their daily work routine. According to São Gabriel do Oeste’s CHAs, the accumulation of programs was not detrimental to their productivity, despite increases in the rate of uninspected households in nearly all the study period. This situation, however, may be reversing, as shown by the fact that by 2008 this rate revealed progress in São Gabriel do Oeste over Rio Verde de Mato Grosso. The study revealed the feasibility of the current practice of CHAs in São Gabriel do Oeste and its potential to yield benefits for primary healthcare by integrating into the same agent all the range of actions performed in this sphere. Nonetheless, adjustments will be required to avoid losses resulting from the extra workload represented by PNCD-related tasks.
Palavras-chave: Atenção Primária à Saúde
Assistência Integral à Saúde
Avaliação de Desempenho
Prevenção de Doenças
Primary Health Care
Comprehensive Health Care
Employee Performance Appraisal
Disease Prevention
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1604
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CAZOLA_LHO_2011.pdf664,01 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.