Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1517
Tipo: Dissertação
Título: Resposta de forrageiras à diferentes doses de lodo de curtume de “tecnologia limpa” em condições controladas e a campo
Título(s) alternativo(s): Response of forage to different doses of sludge from tannery of "clean technology" under controlled conditions and field
Autor(es): Cardoso, Neide Garcia
Abstract: Processos industriais geram resíduos, como o lodo de curtume “de tecnologia limpa”, que podem ser utilizados na agricultura, visando aumento na produtividade e fornecimento de nutrientes para o sistema solo-planta. Objetivou-se avaliar a viabilidade da utilização de lodo primário de um curtume, na adubação de gramíneas e leguminosas forrageiras sob condições controladas e a campo. O experimento foi instalado na EMBRAPA (CNPGC), Campo Grande-MS, a pesquisa foi desenvolvida com dois experimentos, o primeiro em casa de vegetação onde três espécies foram avaliadas (Brachiaria Brizantha cv. Marandu, panicum maximum cv. Mombaça e Stylosanthes guyanenses cv. Mineirão) e o segundo, a campo, em pastagem implantada de Brachiaria Brizantha cv. marandu. Ambos os experimentos foram montados em delineamento de blocos casualizados sendo o experimento em casa de vegetação com aplicação de 0; 0,125; 0,25; 0,5; 1 e 2% de lodo de curtume, e o experimento à campo aplicou-se dose de 0; 0,25; 0,5; 1 e 2% de lodo de curtume e um tratamento adicional com adubo mineral. Os resultados foram divergentes entre a casa de vegetação e a campo. Porém em ambos observou-se que o lodo pode ser disposto em solos desde que realizado o monitoramento dos atributos de solo e planta. Os resultados demonstram que aplicação de lodo de curtume ao solo, é uma alternativa viável para exploração de seu potencial agrícola contribuindo para a solução de dois problemas: fertilização de pastagens e disposição de resíduos industriais. Os resultados mostram também que é necessário mais pesquisas sobre este resíduo em função da sua composição e ação no solo.
Industrial processes generate waste such as sludge from tannery "clean technology" that can be used in agriculture, to increase the productivity and supply of nutrients to the soilplant system. On this basis it was aimed to assess the feasibility of using primary sludge from a tannery in “clean technology” in the fertilization of pasture grasses and forage legumes under controlled conditions and field. The experiment was installed in EMBRAPA (CNPGC), Campo Grande-MS, the research was developed with two experiments, the first in a greenhouse where three species were evaluated (Brachiaria brizantha cv. marandu, Panicum maximum cv. Monbaça and Stylosanthes guyanensis cv. Mineirão) and second, the field, located in pasture of Brachiaria brizantha cv. marandu. Both experiments were assembled in a randomized block design, being in experiment in a greenhouse with application of 0, 0.125, 0.25, 0.5, 1, 2% of tannery sludge, and the experiment field was applied dose of 0, 0.25, 0.5, 1, 2% of tannery sludge and an additional treatment with mineral fertilizer. The results were different between the greenhouse and field. But both noted that the sludge can be used in soil monitoring conducted since the attributes of soil and plant. The results show that application of tannery sludge in the soil, is this viable alternative for exploration the your agricultural potential and to contribution for solution the two problems: fertilization the pasture and disposition the industrial residue. The results display also the over the requirement research of residue in performance your composition and action in the soils.
Palavras-chave: Curtumes
Gramíneas Forrageiras
Digestibilidade
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1517
Data do documento: 2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Tecnologias Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Neide Garcia Cardoso.pdf2,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.