Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1414
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Restrição alimentar para suínos machos castrados e imunocastrados em terminação
Título(s) alternativo(s): Feeding restriction to finishing barrows and immunocastrated swine
Autor(es): Santos, Alexandre Pereira dos
Kiefer, Charles
Martins, Leandro Pereira
Fantini, Caiki Calepso
Abstract: O objetivo do trabalho foi avaliar o desempenho e as características quantitativas de carcaça de suínos machos castrados e imunocastrados, sob alimentação à vontade ou restrição quantitativa. Foram utilizados 240 animais, com peso inicial de 91,49±3,26kg, distribuídos em delineamento experimental de blocos ao acaso, em esquema fatorial 2x2 (dois manejos alimentares e duas categorias), com quatro repetições e 15 suínos cada. Suínos sob restrição alimentar apresentaram consumo inferior (P<0,05) em relação aos alimentados à vontade. O consumo de ração não diferiu (P>0,05) entre castrados e imunocastrados. Suínos alimentados à vontade apresentaram maior (P<0,05) ganho de peso em relação àqueles sob restrição. Os imunocastrados apresentaram ganho de peso superior (P<0,05) aos castrados. Houve interação (P<0,05) entre manejo e categorias para conversão alimentar, em que a restrição melhorou a conversão alimentar dos castrados em relação aos imunocastrados. Além disso, os imunocastrados apresentaram melhor (P<0,05) conversão alimentar em relação aos castrados, independente do manejo alimentar. Não houve interação (P>0,05) entre os fatores sobre as características de carcaça. A restrição não afetou (P>0,05) as características de carcaça. Machos imunocastrados apresentaram menor (P<0,05) espessura de toucinho e maior percentual de carne magra na carcaça. A restrição alimentar melhora a conversão alimentar de machos castrados. A restrição alimentar piora o ganho de peso e não altera as características de carcaça dos machos castrados e imunocastrados. Suínos imunocastrados apresentam desempenho superior, menor espessura de toucinho e maior percentual de carne magra em relação aos castrados.
ABSTRACT - The objective of this study was to evaluate the performance and carcass quantitative characteristics of barrows and immunocastrated swine fed ad libitum or under quantitative feeding restriction. Two hundred and forty animals were used, with initial weight of 91.49±3.26kg, distributed in a randomized blocks design, in a factorial scheme 2x2 (two management and two food categories), with four replicates of 15 pigs each. Pigs submitted to dietary restriction had lower consumption (P<0.05) than those fed ad libitum. Feed intake did not differ (P>0.05) between castrated and immunocastrated. Pigs fed ad libitum had higher (P<0.05) weight gain over those submitted to restriction. The immunocastrated showed higher weight gain (P<0.05) than castrated. There was an interaction (P<0.05) between management and categories for feed, in which the restriction improved castrated pigs. Immunocastrated had better (P <0.05) feed conversion compared to castrated, regardless of feed management. There was no interaction (P>0.05) among the factors on carcass traits. The restriction did not affect (P>0.05) carcass traits. Immunocastrated pigs had lower (P<0.05) back fat thickness and higher percentage of lean meat. Dietary restriction improves feed conversion of castrated pigs. The dietary restriction affects weight gain and does not affect carcass characteristics of barrows and immunocastrated. Immunocastrated pigs have higher performance, lower back fat thickness and a higher percentage of lean meat compared to the castrated.
Palavras-chave: Carcaça
Dieta - veterinária
Nutrição Animal
Editor: Ciência Rural
Citação: SANTOS, Alexandre Pereira dos et al . Restrição alimentar para suínos machos castrados e imunocastrados em terminação. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 42, n. 1, 2012 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782012000100024&lng=en&nrm=iso>. access on 22 May 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782012000100024.
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1414
Data do documento: 2012
Aparece nas coleções:FAMEZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Restrição alimentar para suínos machos castrados e imunocastrados em terminação.pdf55,25 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.