Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/141
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Morphology of autogenous bone graft and castor oil polyurethane in the infraorbital rim of rabbits: a comparative study
Título(s) alternativo(s): Estudo morfológico comparativo do enxerto ósseo autógeno e polímero de mamona em rebordo infra-orbitário de coelhos
Autor(es): Mendonça, José Carlos Garcia de
Rossi, Rafael de
Inouye, Celso Massaschi
Bazan, Diego Rodrigo Paulillo
Monteiro, João Carlos Castro
Mendonça, Juliana Pedroso de
Abstract: PURPOSE: Morphological study comparing castor oil polyurethane and autogenous bone graft to repair bone defect in zygomatic bone of rabbits. METHODS: Twenty-four adult, male New Zealand rabbits were randomly distributed between two groups of twelve. Bone defects of 5mm in diameter were cut through the zygomatic bone and filled with polyurethane discs in the experimental group or autogenous bone harvested from the tibia in the control group. Animals were sacrificed after 30, 60 or 90 days, and the zygomatic bones were macro- and microscopically analyzed. Student's, Fisher's, chi-squared and McNemar's tests were used for statistical analysis. RESULTS: Both the castor oil polyurethane and the autograft adapted well to the defect, with no need for fixation. Fibrous connective tissue encapsulated the polyurethane, but no inflammation or giant cell reaction was observed. Acidophilic and basophilic areas were observed inside the micropores of the polyurethane, suggesting cell nuclei. After 90 days, bone repair with a lamellar pattern of organization was observed in the control group. CONCLUSION: The castor oil polyurethane was biocompatible and did not cause inflammation. It may be considered an alternative to fill bone defects.
OBJETIVO: Estudo morfológico comparativo do implante de poliuretana de mamona e enxerto ósseo autógeno em defeito ósseo padrão em osso zigomático de coelhos. MÉTODOS: Vinte e quatro coelhos Nova Zelândia, machos, adultos, foram distribuídos aleatoriamente em dois grupos de 12. Defeitos de 5mm de diâmetro, perenes, foram confeccionados em osso zigomático e preenchidos com discos pré-fabricados de poliuretana no grupo experimento ou osso autógeno extraído da tíbia no grupo controle. Os animais foram sacrificados após 30, 60 e 90 dias e as peças anatômicas foram avaliadas macro e microscopicamente. Foram utilizados os testes de Student, Fisher,qui-quadrado e McNemar para a análise estatística dos resultados. RESULTADOS: A poliuretana e o osso autógeno se adaptaram ao defeito sem necessidade de fixação. Houve formação de tecido conjuntivo fibroso envolvendo a poliuretana, sem reação inflamatória ou presença de células gigantes. Verificaram-se áreas acidófilas e basófilas nos poros do material implantado, sugestivas de núcleos celulares. No grupo controle, observou-se aos 90 dias o reparo ósseo de padrão lamelar clássico. CONCLUSÃO: A poliuretana de mamona foi biocompatível e não causou reação inflamatória deletéria. Pode ser uma alternativa para o preenchimento de defeitos ósseos.
Palavras-chave: Materiais Biocompatíveis
Transplante Ósseo
Óleo de Rícino
Coelhos
Biocompatible Materials
Bone Transplantation
Castor Oil
Rabbits
Editor: Acta Cirurgica Brasileira
Citação: MENDONCA, José Carlos Garcia de et al . Morphology of autogenous bone graft and castor oil polyurethane in the infraorbital rim of rabbits: a comparative study. Acta Cir. Bras., São Paulo, v. 21, n. 5, Oct. 2006 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502006000500012&lng=en&nrm=iso>. access on 14 July 2011. doi: 10.1590/S0102-86502006000500012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: 10.1590/S0102-86502006000500012
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/141
Data do documento: 2006
Aparece nas coleções:FAMEZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Morphology of autogenous.pdf308,22 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.