Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1347
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Density and body size of the larval stages of the invasive golden mussel (Limnoperna fortunei) in two neotropical rivers
Título(s) alternativo(s): Densidade e tamanho dos estágios larvais do molusco invasor mexilhão dourado (Limnoperna fortunei) em dois rios neotropicais
Autor(es): Eilers, Vivianne
Oliveira, Márcia Divina de
Roche, Kennedy Francis
Abstract: OBJETIVO: O presente estudo analisou as variações mensais em densidades populacionais e tamanho dos diferentes estágios das larvas planctônicas do molusco invasor mexilhão dourado (Limnoperna fortunei), nos rios Paraguai e Miranda; MÉTODOS: O estudo foi realizado entre fevereiro de 2004 e janeiro de 2005. Amostras mensais de plâncton foram acompanhadas pela análise de características físicas, químicas e biológicas da água; RESULTADOS: O rio Miranda apresentou maiores valores de cálcio, pH, alcalinidade, condutividade e fósforo total. A densidade das larvas variou entre 0-24 indivíduos.L-1 no rio Paraguay, com o máximo em março de 2004, enquanto no rio Miranda, a densidade variou entre 0-9 indivíduos.L-1, com o máximo em fevereiro de 2004. Larvas não foram encontradas nos meses mais frios, maio e junho. Nenhuma correlação significativa foi encontrada entre as características ambientais e densidades das larvas. Somente larvas com valvas foram encontradas. As formas "D" e veliger foram mais abundantes; a forma umbonada foi rara no rio Miranda. Valores médios dos tamanhos dos estágios "D", veliger e umbonada foram, respectivamente, 111, 135 e 152 µm, no rio Paraguai, e 112, 134 e 154 µm no rio Miranda. A análise de Componentes Principais indicou relações positivas entre o comprimento da forma "D" e a relação sólidos suspensos inorgânicos:orgânicos, enquanto relações negativas foram indicadas entre o comprimento da forma "D" e concentrações de cálcio e clorofila-; CONCLUSÕES: As larvas foram encontradas no plâncton durante a maior parte do ano, com a exceção dos meses mais frios. A densidade de larvas e o tamanho foram similares nos dois rios. Não foram registrados efeitos positivos da disponibilidade de alimento ou da concentração de cálcio sobre o tamanho das larvas. Esta espécie pode ser adaptada a crescer em ambientes com altas concentrações de sedimentos.
ABSTRACT - AIM: The present study involved an analysis of the monthly variations in the population densities and body sizes of the different stages of planktonic larvae of the invasive golden mussel (Limnoperna fortunei), in the rivers Paraguay and Miranda; METHODS: The study was carried out between February 2004 and January 2005. Monthly collection of the plankton samples was accompanied by physical, chemical and biological analyses of the water; RESULTS:The Miranda River presented higher values of calcium, pH, alkalinity, conductivity and total phosphorous. Larval density varied from 0-24 individuals.L-1 in the Paraguay River, with a peak in March of 2004, while in the Miranda River, densities varied between 0-9 individuals.L-1 with a peak in February of 2004. No larvae were encountered during the coldest months, May and June. No significant correlations were found between environmental variables and larval density in either river. Only the valved larval stages were recorded. The "D" and veliger forms were most abundant; umbonate larvae were rare in the Miranda River samples. Mean body sizes of "D", veliger and umbonate larval stages were, respectively, 111, 135 and 152 µm, in the Paraguay River, and 112, 134 and 154 µm in the Miranda River. Principal Components Analysis indicated positive relationships between "D" larval stage size and the ratio between inorganic and organic suspended solids, while negative relationships were found between larval size and calcium and chlorophyll-; CONCLUSIONS: The larvae were recorded in the plankton during most of the year, with the exception of the two colder months. Neither densities nor larval stage body sizes were significantly different between the two rivers. Possible positive effects of food and calcium concentrations on body size were not recorded. This species may be adapted to grow in environments with elevated sediment concentrations.
Palavras-chave: Mytilidae
Moluscos
Densidade Demográfica
Pantanal - Brasil
Rios
Mollusca
Population Density
Rivers
Editor: Acta Limnologica Brasiliensia
Citação: EILERS, Vivianne; OLIVEIRA, Márcia Divina de; ROCHE, Kennedy Francis. Density and body size of the larval stages of the invasive golden mussel (Limnoperna fortunei) in two neotropical rivers. Acta Limnol. Bras., Rio Claro, v. 23, n. 3, Sept. 2011 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2179-975X2011000300007&lng=en&nrm=iso>. access on 08 May 2012. Epub Feb 29, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S2179-975X2012005000006.
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1347
Data do documento: Fev-2012
Aparece nas coleções:FAENG - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Density and body size of the larval stages.pdf659,93 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.