Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1335
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Microbial contamination of procedure gloves after opening the container and during exposure in the environment
Título(s) alternativo(s): Contaminação microbiana das luvas de procedimento após a abertura da caixa e durante sua exposição ambiental
Autor(es): Ferreira, Adriano Menis
Andrade, Denise de
Haas, Vanderlei José
Abstract: Este trabalho teve como objetivo quantificar as Unidades Formadoras de Colônias (ufc) das luvas de látex para procedimentos no início, meio e fim das caixas na situação real (profissional) e controle (pesquisador) de enluvamento; avaliar a carga microbiana das luvas considerando o tempo de exposição ambiental. Trata-se de um estudo comparativo e prospectivo realizado em uma unidade de terapia intensiva de um hospital-escola. A coleta das amostras microbiológicas das luvas foi realizada por meio da digito-pressão. Avaliaram-se microbiologicamente 186 pares de luvas, 93 no grupo controle e 93 na situação real de enluvamento. No grupo controle a média de ufc foi de 4,7 e na situação real de enluvamento 6,2, consequentemente, não houve diferença estatisticamente significante (p=.601). Também, as ufc no inicio, meio e fim das caixas não se observou diferenças significante (p>.05). A cepa Staphylococcus spp. foi a mais freqüente. O tempo de exposição ambiental das luvas de látex não determinou aumento de ufc.
ABSTRACT - The objective of this study was to quantify the colony forming units (cfu) on latex procedure gloves in the beginning, middle, and end of the containers in real (professional) and controlled (researcher) gloving situations; evaluate the microbial load of the gloves, considering the time of exposure in the environment. This comparative prospective study was conducted at an intensive care unit of a teaching hospital. The microbiological data was collected from the gloves using digital-pressure. Microbiological evaluations were performed on 186 pairs of gloves: 93 in the control group and 93 in real gloving situations. In the control group, the average cfu was 4.7 against 6.2 in the real gloving situation. Hence, no statistically significant difference was found (p=.601). In addition, the cfu values of gloves in the beginning, middle and end of the containers also did not show any significant differences (p>.05). The most common strain was Staphylococcus spp. The time of exposure in the environment did not increase the cfu value of the latex gloves.
Palavras-chave: Luvas Cirúrgicas
Unidades de Terapia Intensiva
Infecção Hospitalar
Gloves, Surgical
Intensive Care Units
Cross Infection
Editor: Revista da Escola de Enfermagem da USP
Citação: FERREIRA, Adriano Menis; ANDRADE, Denise de; HAAS, Vanderlei José. Microbial contamination of procedure gloves after opening the container and during exposure in the environment. Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 45, n. 3, jun. 2011 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342011000300028&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 07 maio 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000300028.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342011000300028
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1335
Data do documento: 2011
Aparece nas coleções:CPTL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Microbial contamination of procedure.pdf112,27 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.