Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1275
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Presence of amastigotes in the central nervous system of hamsters infected with Leishmania sp.
Título(s) alternativo(s): Presença de amastigotas em sistema nervoso central de hamster infectado com Leishmania sp.
Autor(es): Oliveira, Elisangela de
Oshiro, Elisa Teruya
Pinto, Rebeca Vieira
Castro, Bruna Corrêa de
Daniel, Karla Borges
Oliveira, Janaina Michelle de
Lima Júnior, Manoel Sebastião da Costa
Guimarães, Euripedes Batista
Silva, Jesiel Mamedes
Dorval, Maria Elizabeth Cavalheiros
Abstract: A leishmaniose visceral (LV) é uma doença crônica grave, causada pelo parasito Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Esclarecer as alterações provocadas pela doença é fundamental para que se adotem condutas clínicas e de tratamento adequadas. Com o objetivo de analisar a infecção experimental em hamsters da linhagem golden, Mesocricetus auratus, infectados com tecido de medula óssea de pacientes com LV no Estado de Mato Grosso do Sul, foram realizados estudos parasitológicos e de imunomarcação. Foi verificada a distribuição do parasitismo no baço, fígado, rim, pulmão, coração e encéfalo desses animais. Foram utilizados 18 hamsters experimentalmente inoculados via intra-peritoneal, e seis animais sadios como controles negativos. Os animais foram mantidos em biotério de experimentação e observados, em busca de alterações clínicas. Com fragmentos de cada órgão, procedeu-se a confecção de lâminas por aposição para pesquisa de amastigotas. Nos órgãos com resultado negativo na pesquisa direta do parasito, e em todas as amostras de encéfalo, foi realizada a técnica de imunohistoquímica. A pesquisa direta de amastigotas foi positiva no baço e fígado de todos os animais infectados; 33,3% apresentaram o parasito em rim e pulmão, e 16,7% no coração. Quando realizada a pesquisa em encéfalo, formas parasitárias foram observadas em 83,3% (15/18) dos animais. A imunomarcação confirmou os resultados da pesquisa direta, exceto em duas amostras de tecido pulmonar e nas amostras de encéfalo. Mais estudos são necessários, para esclarecer o real papel do parasito no sistema nervoso central.
Visceral leishmaniasis (VL) is a severe chronic disease caused by Leishmania (Leishmania) infantum chagasi. Better knowledge on the effects caused by this disease can help develop adequate clinical management and treatment. Parasitological and immunohistochemical studies were performed golden hamsters Mesocricetus auratus infected with bone marrow from individuals with VL in the State of Mato Grosso do Sul, central-west Brazil. The effects of parasitism in the spleen, liver, kidneys, lungs, heart and brain of the animals were examined. Eighteen hamsters were inoculated intraperitoneally, and six healthy animals were used as negative controls. The animals were kept in the animal house and checked for clinical signs. Specimens of each organ were examined for the presence of amastigotes. Immunohistochemical technique was performed in all brain specimens and organs negative on the direct examination of parasites. Direct examination of amastigotes was positive in the spleen and liver of all infected animals; 33.3% showed the parasite in the kidneys and lungs, and 16.7% in the heart. Parasitic forms were seen in 83.3% (15/18) of the brain examined. Immunohistochemistry confirmed the results of the direct examination, except in two specimens of lung tissue and in the brain specimens. Other studies are needed to further clarify the effect of the parasite in the central nervous system.
Palavras-chave: Leishmaniose Visceral
Imunoistoquímica
Encéfalo
Cricetinae
Leishmaniasis, Visceral
Immunohistochemistry
Brain
Editor: Revista Brasileira de Parasitologia Veterinária
Citação: OLIVEIRA, Elisangela de et al . Presence of amastigotes in the central nervous system of hamsters infected with Leishmania sp. Rev. Bras. Parasitol. Vet. (Online), Jaboticabal, v. 20, n. 2, June 2011 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1984-29612011000200002&lng=en&nrm=iso>. access on 18 Apr. 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1984-29612011000200002.
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1275
Data do documento: Abr-2011
Aparece nas coleções:FAMEZ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Presence of amastigotes in the central nervous.pdf1,91 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.