Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1268
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Prevalência das fissuras orofaciais diagnosticadas em um serviço de referência em casos residentes no estado de Mato Grosso do Sul
Título(s) alternativo(s): Predominance of orofacials fissure diagnosed in refference service in resident cases in Mato Grosso do Sul State
Autor(es): Gardenal, Mirela
Bastos, Paulo Roberto Haidamus de Oliveira
Pontes, Elenir Rose Jardim Cury
Bogo, Danielle
Abstract: INTRODUÇÃO: As fissuras orofaciais estão entre as malformações congênitas mais frequentes e apresentam uma diversidade clínica, acarretando uma série de sequelas graves que acompanham o portador ao longo de sua vida. OBJETIVO: Estimar a prevalência dos tipos de fissuras orofaciais congênitas, diagnosticadas em um serviço de referência, em casos residentes no estado de Mato Grosso do Sul, no período de janeiro de 2003 a dezembro de 2007. MÉTODO: Foi realizado um estudo observacional de corte transversal, retrospectivo, onde os dados foram obtidos nos prontuários do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/USP/SP). Para o cálculo da prevalência foram utilizados os dados dos nascidos vivos (SINASC). RESULTADOS: Em síntese, ocorreram 271 casos diagnosticados no serviço de referência, onde prevaleceram as fissuras transforames incisivo, unilaterais, predominantes para o lado esquerdo e acometeram com maior frequência o gênero masculino e a etnia branca. A idade média das mães foi de 25 anos e escolaridade de 9 a 11 anos completos, com história de intercorrência gestacional e sem antecedentes familiares para a fissura. No SINASC foram notificados 98 casos de fissura para mesmo período, correspondendo a uma prevalência de 0,49 por mil nascimentos. CONCLUSÃO: No presente estudo foi possível estimar a prevalência da fissura pelos dados do hospital e pelo SINASC, porém estudos futuros a respeito da epidemiologia das fissuras orofaciais no estado de Mato Grosso do Sul e Região Centro-oeste, utilizando terminologia uniforme para a classificação são necessários para comparar e acompanhar a evolução temporal da prevalência.
ABSTRACT - INTRODUCTION: The orofacial fissures are among the congenital malformations more frequent and present a clinic diversity, carring a serious sequel series that follow the porter during his life. OBJECTIVE: To consider the prevalence of congenital malformations fissure types, diagnosed in a reference service in Mato Grosso do Sul, in a period from January 2003 to December 2007. METHOD: It was done an observed retrospective transversal cut study, where the data in the Handbooks of Hopital de Reabilitação de anomalias Craniofaciais(HRAC/USP/SP). For the prevalence calculus were used the data of born life(SINASC). RESULTS: In synthesis, occurred 271 diagnosed cases in the refferenceservice where predominated the unilateral incisive transforaminal fissures predominate for the left side and happened with more frequency in male gender and white ethnicity. The mother's media age was 25years old and education of 9 to 11 years with story of pregnancy complications and without prior for fissure. CONCLUSION: In the present study was possible to estimate the fissure prevalence in the data from the Hospital and SINASC, but future studies concerning the orofacial fissures epidemiology in Mato Grosso do Sul and Center-West Region, using uniform terminology for a classification are necessary to compare and follow the prevalence secular evolution.
Palavras-chave: Epidemiologia
Prevalência
Fissura Palatina
Fenda Labial
Epidemiology
Prevalence
Cleft Palate
Cleft Lip
Editor: Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia
Citação: GARDENAL, Mirela et al . Prevalência das fissuras orofaciais diagnosticadas em um serviço de referência em casos residentes no estado de Mato Grosso do Sul. Arquivos Int. Otorrinolaringol. (Impr.), São Paulo, v. 15, n. 2, June 2011 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-48722011000200003&lng=en&nrm=iso>. access on 18 Apr. 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1809-48722011000200003.
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1268
Data do documento: Mai-2011
Aparece nas coleções:CCBS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PrevaLEncia das fissuras orofaciais diagnosticadas.pdf145,72 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.