Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1187
Tipo: Artigo de Periódico
Título: Efeitos de técnicas de desobstrução brônquica na mecânica respiratória de neonatos prematuros em ventilação pulmonar mecânica
Autor(es): Santos, Mara Lisiane de Moraes dos
Souza, Lais Alves de
Batiston, Adriane Pires
Palhares, Durval Batista
Abstract: OBJETIVOS: O objetivo do trabalho foi avaliar as repercussões de técnicas fisioterapêuticas específicas na resistência média de vias aéreas e na complacência dinâmica de neonatos pré-termo em ventilação pulmonar mecânica. MÉTODOS: Dezoito neonatos pré-termo em ventilação pulmonar mecânica convencional foram submetidos a uma sessão de fisioterapia respiratória (compressão torácica manual durante a expiração + aspiração da cânula intratraqueal). Medidas de resistência média de vias aéreas e complacência dinâmica foram realizadas antes, 10, 40 e 70 minutos após as intervenções, por meio de um pneumotacógrafo com monitor gráfico (NewPort Navigator GM-250®), acoplado a um transdutor de fluxo (Varfley-Bicore®). Para análise dos resultados, os neonatos pré-termo foram divididos em dois grupos: tempo de ventilação pulmonar mecânica <5 dias e ventilação pulmonar mecânica >5 dias. Os resultados foram analisados pelo teste Friedman e pós-teste de Dunn de múltiplas comparações (p<0,05 significante). RESULTADOS: Observou-se no grupo ventilação pulmonar mecânica <5 redução significativa da resistência média de vias aéreas no 10º minuto após a intervenção (p<0,05), sem alterações significativas na complacência dinâmica. No grupo ventilação pulmonar mecânica >5 dias a resistência média de vias aéreas reduziu no 10º(p<0,001), 40º(p<0,05) e 70º(p<0,05) minutos após a intervenção. A complacência dinâmica melhorou significativamente no 10º minuto (p<0,05). CONCLUSÕES: As técnicas para aumento do transporte de secreção traqueobrônquica utilizadas beneficiaram a resistência média de vias aéreas e complacência dinâmica dos neonatos estudados em ventilação pulmonar mecânica >5 dias, com melhores respostas na resistência média de vias aéreas.
ABSTRACT - OBJECTIVES: This research aimed to evaluate the impact of specific chest physiotherapy procedures in mean airway resistance and dynamic compliance on preterm infants under mechanical ventilation. METHODS: Eighteen preterm infants under conventional mechanical ventilation were submitted to one session of chest physiotherapy (manual chest compression during expiration + intermittent suction of intratracheal tube). Mean airway resistance and dynamic compliance measurements were taken before, 10, 40 and 70 minutes after intervention using a pneumotachograph with graphic display (Newport Navigator GM-250®), coupled to a flow transducer (Varfley-Bicore®). For analysis of results infants were divided into 2 groups; less than 5 days (group mechanical ventilation <5) and 5 days or more (group mechanical ventilation >5) on mechanical ventilation. Values were analyzed by Friedman Test, with Dunn's Multiple Comparisons Test (p<0.05 significant). RESULTS: In group mechanical ventilation <5 a significant reduction of mean airway resistance was observed at the 10th minute after intervention (p<0.05). There were no significant alterations in dynamic compliance. The group mechanical ventilation >5 mean airway resistance had a significant reduction at the 10th (p<0.001), 40th (p<0.05) and 70th (p<0.05) minute after intervention. Dynamic compliance improved significantly only at the 10th minute (p<0.05). CONCLUSIONS: Airway clearance techniques used in preterm neonates under conventional mechanical ventilation >5 improved mean airway resistance and dynamic compliance, with best results for the mean airway resistance.
Palavras-chave: Neonatologia
Recém-Nascido
Mecânica Respiratória
Modalidades de Fisioterapia
Neonatology
Infant, Newborn
Respiratory Mechanics
Physical Therapy Modalities
Editor: Revista Brasileira de Terapia Intensiva
Citação: SANTOS, Mara Lisiane de Moraes dos et al . Efeitos de técnicas de desobstrução brônquica na mecânica respiratória de neonatos prematuros em ventilação pulmonar mecânica. Rev. bras. ter. intensiva, São Paulo, v. 21, n. 2, jun. 2009 . Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-507X2009000200011&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 09 abr. 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Identificador DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2009000200011.
URI: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1187
Data do documento: Abr-2009
Aparece nas coleções:CCBS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Efeitos de tecnicas de desobstrucao bronquica.pdf102,88 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.