Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1118
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorSales, José Batista de-
dc.contributor.authorOliveira, Danielle Cristine Santim de-
dc.date.accessioned2012-03-28T19:34:41Z-
dc.date.available2012-03-28T19:34:41Z-
dc.date.issued2007-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1118-
dc.description.abstractEste trabalho realiza uma interpretação de Os Doze Trabalhos de Hércules (1944), de Monteiro Lobato, a partir da atuação do herói representada nesta narrativa e do mecanismo de produção e revisão textual. Neste estudo, desenvolvemos, num primeiro momento, uma pesquisa de campo nos acervos da Biblioteca Infantil Monteiro Lobato, do Município de São Paulo, e do Centro de Documentação Cultural "Alexandre Eulálio", da Universidade de Campinas,SP, em que foram selecionadas e comparadas as várias edições do livro citado, desde a primeira em 1944 às atuais. Em um segundo momento, temos os princípios da recepção literária em que são analisados o conceito e função de herói, mito de Hércules e interpretado o enredo lobatiano. Com o desenvolvimento deste estudo, procuramos apontar Lobato como o herói de seus escritos, por meio do processo de produção e revisão textual em que elaborou para recontar um mito sob o viés do trabalho coletivo, da praticidade, da inteligência e da modernidade atrelado ao compromisso lobatiano da construção do saber e do desenvolvimento cultural da criança.pt_BR
dc.description.abstractThis work makes an interpretation of the book Os Doze Trabalhos de Hércules (1944), by Monteiro Lobato, from hero's performance represented in this narrative and the literal production and review mechanism. In this study we developed, in the first moment, a fild research in heap of the Monteiro Lobato Infantile Library, in São Paulo city, and of the "Alexandre Eulálio" Cultural Documentation Center, in University of Campinas-SP, where some editions, since the first in 1944 to the present one, were selected and compared. In second moment, we have the basis of the literary reception that analyses the conception and function of the hero, Hercules's myth and it interprets Lobato's plot. With the development of this study, we try to point Lobato as the hero of his writing, through the process of the literal production and review that elaborated to retell a myth under the modern tendency of teamwork and intelligence related to Lobato’s promises with child's knowledge and cultural development.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectLiteratura Infantojuvenilpt_BR
dc.subjectEscritorespt_BR
dc.subjectLiteratura Brasileirapt_BR
dc.titleOs doze trabalhos de Hércules: uma leitura do herói em Monteiro Lobatopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Letras (Campus de Três Lagoas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Danielle Cristine Santim de.pdf55,34 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.