Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1050
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFagundes, Mayra Batista Bitencourt-
dc.contributor.authorPereira, Rozana Carvalho-
dc.date.accessioned2012-02-15T19:10:36Z-
dc.date.available2012-02-15T19:10:36Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufms.br/handle/123456789/1050-
dc.description.abstractEste trabalho foi elaborado com o objetivo de demonstrar o viés social do competitivista Michael Porter. Para tanto, foi utilizado o modelo de análise de conteúdo em livros e artigos do autor, tendo como norteadores da análise os conceitos de gestão de responsabilidade social dos principais estudiosos da área. Em todos os trabalho de Porter, pode-se visualizar uma proposta de elevação de princípios e, de conhecimentos, de atuação ética e de progresso mútuo, visando à evolução do indivíduo, da sociedade e das nações. O presente estudo, ao analisar o viés social de Porter, entende que a gestão de responsabilidade social, por envolver processos de mudança para uma gestão humanista e generalista - trabalhando com os públicos internos e externos de forma ética, cooperativa, transparente e inovadora, pode ser considerada uma estratégia de diferenciação organizacional.pt_BR
dc.description.abstractThis work was prepared with the aim of demonstrating the social bias of the Competitive Michael Porter. For this, we used the model of content analysis of articles in books and author based analisys of the concepts guiding the management of social responsibility of the leading scholars in this area. As context of this research is a brief review of historical and social responsibility are some concepts and approaches on what is and how to work with this new form of organizational management. In every works of Porter, one can visualize a proposed lifting of principles and knowledge, ethical and mutual progress, aiming at the development of the individual, society and nations. This study, by analyzing the social bias of Porter believes that the management of social responsability, in the processes of change for a generalist and humanistic management - working with internal and external audiences in an ethical, cooperative, transparent and innovative, could be considered an organizational strateg of differentiationpt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectResponsabilidade Socialpt_BR
dc.subjectAdministração Executivapt_BR
dc.subjectCompetição Econômicapt_BR
dc.subjectOrganização da Produçãopt_BR
dc.subjectProdução (Economia)pt_BR
dc.titleO viés social de Michael Portept_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
Aparece nas coleções:Programa de Pós-graduação em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Rozana Carvalho Pereira.pdf1,14 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.